You are currently browsing the category archive for the ‘Como se escreve’ category.


Grama, quanto utilizado como unidade de massa correspondente à milésima parte de um quilograma, é do género masculino. Assim, devemos dizer e escrever «duzentos gramas» e não «duzentas gramas».

text-file-48x48.pngDe encontro a ou ao encontro de

Embora significando coisas diferentes, muitas pessoas utilizam as expressões “de encontro a” e “ao encontro de” de forma indiscriminada.
Ao encontro de tem o sentido de «em busca», «na direcção de», «encontrar-se com», «sair ao caminho», «ir ter com quem vem», «sair à frente de». Ex. «Eles foram ao encontro dos seus amigos [eles foram encontrar-se com os amigos]». Também pode significar «dar solução ou satisfação a», como, por exemplo, «As medidas do governo vão ao encontro das nossas necessidades».
De encontro a tem um sentido de oposição, de ir contra qualquer coisa. Assim, na frase anterior, se escrevermos «As medidas do governo vão de encontro às nossas necessidades», ela passa a significar que as medidas do governo não dão solução ou satisfação às nossas necessidades. Também se escrevermos «Eles foram de encontro aos seus amigos», o que estaremos a dizer é que eles foram contra os seus amigos, ou que lhes deram um encontrão.

text-file-48x48.pngApercebeu-se que ou apercebeu-se de que?

Deve dizer-se  e escrever-se «apercebeu-se de que». Por exemplo: «Ele apercebeu-se de que se tinha enganado a escrever o verbo».

Aperceber-se, como sinónimo de «dar-se conta», «tomar consciência», exige a preposição «de». Já «perceber», no sentido de «compreender», não precisa do «de». Por exemplo: «Ele percebeu que se tinha enganado a escrever o verbo».

Pode contudo utilizar-se «perceber de» no sentido de «saber muito sobre determinado assunto». Por exemplo: «Ele percebe muito de Matemática».

text-file-48x48.pngDescriminar ou discriminar…

Ambos os verbos existem, a sua utilização é que por vezes não é adequada ao contexto. Assim, descriminar significa descriminalizar (forma preferível), isto é, isentar de culpa, tornar evidente a ausência de crime, absolver. O problema é quando se usa descriminar para designar a acção de tratar mal ou de modo injusto, desigual, um indivíduo ou grupo de indivíduos, em virtude de alguma característica pessoal, cor da pele, classe social, convicções, etc. Neste caso deve usar-se discriminar, para evitar que nos incriminem por tratar mal a língua portuguesa.

text-file-48x48.pngAntártida, Antártica, Antárctida, Antárctica…

Uma simples busca na Internet apresenta-nos milhares de ocorrências de cada uma das quatro formas, mas somente duas delas estão correctas no português de Portugal e não significam o mesmo. Antártida e Antártica, pelo menos até 2017 (quando entrar em vigor o acordo ortográfico), são erros ortográficos. Devemos usar Antárctida para designar a região mais a sul do globo terrestre, isto é, o território situado em volta do Pólo Sul . Quanto a Antárctica, deve ser usado apenas como adjectivo, para qualificar o que se refere à Antárctida. As secções meridionais dos oceanos Atlântico, Pacífico e Índico formam o oceano Antárctico, que envolve a Antárctida.

text-file-48x48.pngRúbrica ou rubrica?

O substantivo que designa uma assinatura abreviada, geralmente reduzida às iniciais, ou a indicação geral do assunto e/ou da categoria de algo, escreve-se rubrica e não rúbrica.

text-file-48x48.png“O síndrome” ou “A síndrome”?

Síndrome (ou síndroma) designa um conjunto de sinais e sintomas observáveis em vários processos patológicos diferentes e sem causa específica. Normalmente está associada ao nome de uma doença. É um substantivo feminino e por isso deve escrever-se a síndrome (ou síndroma) e não o síndrome.

text-file-48x48.pngIniciamos hoje uma nova rubrica no “ler para crer” acerca de algumas das principais dúvidas da Língua Portuguesa. Todas as semanas, uma dúvida é respondida…

____________________________________________________

Reboliço ou rebuliço?
Quando queremos descrever uma grande agitação, confusão, desordem, bulha, devemos escrever rebuliço. Reboliço também existe, mas para designar algo que rebola ou em forma de rebolo.

Ler ebooks

Biblioteca on-line


Visita e comenta os nossos livros na

Biblioteca on-line em LibraryThing.

Partilha connosco as tuas leituras.

As minhas apresentações

dvdcolec
melhornet
Add to Technorati Favorites
Bookmark and Share diigo it

Videoteca

Novembro 2014
S T Q Q S S D
« Out    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930

Quanto vale o Ler para Crer?


Este blogue vale aproximadamente $4.000.
Quanto vale o seu blogue?

feiradolivro
Seguir

Get every new post delivered to your Inbox.

Junte-se a 1.501 outros seguidores

%d bloggers like this: