You are currently browsing the monthly archive for Fevereiro 2008.

apanhado.jpg

No âmbito da Semana da Leitura 2008, vai decorrer, de 3 a 7 de Março, na galeria de exposições da Biblioteca,  a exposição de fotografia «Apanhado a Ler».  A exposição será da responsabilidade do Clube de Fotografia da escola.

bd2.jpg

A FEIRA DOS IMORTAIS
Desenho e texto: Enki Bilal
2023. Paris encontra-se dividida em duas zonas desiguais. A primeira, no centro, abriga uma sociedade favorecida, um exército regular e imponente e a classe dirigente de ideologia fascista chefiada por Jean Ferdinand Choublanc. A segunda, que circunda a primeira, perde-se de vista e tornou-se no cruzamento de aventureiros e de extraterrestres de todas as origens. Nas vésperas de novas eleições, uma estranha pirâmide, habitada por deuses imortais, estaciona no astroporto e pede uma quantidade colossal de combustível, dando início a um braço de ferro com Choublanc que reclama em troca a sua própria imortalidade.
Mistura de política, mitologia e ficção-científica, Bilal inventa um universo carregado de fantástico, mas sempre coerente com um certo realismo. A sua particularidade reside mesmo nesta oscilação entre evidências reais e o lado sombrio do seu imaginário, com referências a figuras mitológicas e históricas. Um argumento pleno de energia imaginária!

O SONO DO MONSTRO
Desenho e texto: Enki Bilal
A acção decorre num futuro próximo do século XXI e tem como protagonista Nike Hatzfeld, um homem possuidor de uma memória absoluta. O herói empreende ao longo da história incursões no seu passado, revivendo recordações que o levam até ao dia do seu prório nascimento.

A ESTRELA DO DESERTO (2 capítulos)
Desenho de Stephen Desberg e texto de Enrico Marini
Washington DC, inícios dos anos 1870. Matt Montgomery é um homem organizado, respeitador das regras sociais e ocupa um posto importante no Ministério do Interior.
Para fugir à rotina, evade-se de quando em vez na companhia da sua secretária e amante, partindo para uma cabana em pleno campo, onde sonha instalar-se um dia, livre da mulher e dos dossiers fastidiosos que diariamente o absorvem. Ignora, porém, que esse equilíbrio aparente é afinal efémero…

No âmbito da Semana da Leitura 2008, vamos desenvolver na Biblioteca a iniciativa “5 dias, 5 poemas”.

Este é o quinto:

Impressão Digital

Os meus olhos são uns olhos,
e é com esses olhos uns
que eu vejo no mundo escolhos,
onde outros, com outros olhos,
não vêem escolhos nenhuns.

Quem diz escolhos, diz flores!
De tudo o mesmo se diz!
Onde uns vêem luto e dores,
uns outros descobrem cores
do mais formoso matiz.

Pelas ruas e estradas
onde passa tanta gente,
uns vêem pedras pisadas,
mas outros gnomos e fadas
num halo resplandecente!!

Inútil seguir vizinhos,
querer ser depois ou ser antes.
Cada um é seus caminhos!
Onde Sancho vê moinhos,
D. Quixote vê gigantes.

Vê moinhos? São moinhos!
Vê gigantes? São gigantes!

António Gedeão

text-file-48x48.pngDe encontro a ou ao encontro de

Embora significando coisas diferentes, muitas pessoas utilizam as expressões “de encontro a” e “ao encontro de” de forma indiscriminada.
Ao encontro de tem o sentido de «em busca», «na direcção de», «encontrar-se com», «sair ao caminho», «ir ter com quem vem», «sair à frente de». Ex. «Eles foram ao encontro dos seus amigos [eles foram encontrar-se com os amigos]». Também pode significar «dar solução ou satisfação a», como, por exemplo, «As medidas do governo vão ao encontro das nossas necessidades».
De encontro a tem um sentido de oposição, de ir contra qualquer coisa. Assim, na frase anterior, se escrevermos «As medidas do governo vão de encontro às nossas necessidades», ela passa a significar que as medidas do governo não dão solução ou satisfação às nossas necessidades. Também se escrevermos «Eles foram de encontro aos seus amigos», o que estaremos a dizer é que eles foram contra os seus amigos, ou que lhes deram um encontrão.

No âmbito da Semana da Leitura 2008, vamos desenvolver na Biblioteca a iniciativa “5 dias, 5 poemas”.

Este é o quarto:

Aquela nuvem

Aquela nuvem
parece um cavalo…

Ah! Se eu pudesse montá-lo!

Aquela?
Mas já não é um cavalo,
É uma barca à vela.

Não faz mal.
Queria embarcar nela.

Aquela?
Mas já não é um navio,
é uma torre amarela
a vogar no frio
onde encerraram uma donzela.

Não faz mal.
Quero ter asas
para a espreitar da janela.

Vá, lancem-me no mar
donde voam as nuvens
para ir numa delas
tomar mil formas
com sabor a sal
– Labirinto de sombras e de cisnes
No céu de água-sol-vento-luz
concreto e irreal…

José Gomes Ferreira

Um excelente recurso em linha para o estudo da língua portuguesa. «Este sítio permite pesquisar fácil e rapidamente mais de 45 milhões de palavras em mais de 50 000 textos em português dos Trezentos (1300s) aos Novecentos (1900s). A interface permite pesquisar palavras exatas ou frases, curingas, lemas, classes gramaticais, ou qualquer combinação do antes mencionado. Proporciona também a pesquisa de palavras vizinhas (collocates) com um máximo de dez palavras de cada lado (ex. todos os substantivos perto de cadeia, todos os adjetivos perto de mulher, ou todos os substantivos perto de girar).» Disponível aqui: http://www.corpusdoportugues.org

Frases sobre a leitura dos alunos do 5.º 7.ª e 6.º 1ª

 6.º 1.ª:

«A leitura é uma espécie de energia que faz levitar a alma.»
Débora Sousa

«Um bom leitor é aquele que não descansa enquanto não chegar ao fim do livro.»
João Alexandre

«A leitura é sinónimo de cultura.»
Filipe Morgado

«Um bom leitor é aquele que aprende com o escritor.»
Filipe Morgado

5.º 7.ª: 

«Um livro é uma caixa mágica onde podemos encontrar alguns dos nossos sonhos.»
Patrícia João

«Um bom leitor sente prazer, delicia-se com a leitura.»
Gustavo Gonçalves

«Um livro é uma porta mágica que nos conduz à diversão.»
Gustavo Gonçalves

«Um livro é um poço de sabedoria.»
Mariana Fialho

«Um bom leitor ama os livros e não consegue viver sem eles.»
Mariana Fialho

«Um livro é um cofre com um tesouro lá dentro.»
Miguel Nunes

«Ler é viver uma aventura.»
Ana Isabel Machado

«Um bom leitor tem prazer em ler o que o escritor tem para dizer.»
Rúben Monteiro

«Ler é espreitar para dentro de uma caixa mágica.»
Rúben Monteiro

«A leitura é aprendizagem, diversão e emoção.»
Rúben Monteiro

«Um bom leitor tem sempre vontade de ler.»
Andreia Afonso

«Um livro é uma semente do conhecimento.»
Andreia Afonso

«Um bom leitor nunca está satisfeito, quer sempre ler mais e mais.»
Diogo Gomes

«Ler é imaginar que somos o herói da história.»
Maria Beatriz Carneiro

«Um bom leitor deixa-se seduzir pela escrita.»
Gonçalo Bernardo

«Um bom leitor é aquele que lê com gosto.»
Márcia Vasconcelos

«Um livro é a ilusão que nós queríamos.»
Gonçalo André

«A leitura é uma construção mental.»
Nuno Caseiro

«Um livro é um amigo sempre pronto para ensinar.»
Emilian Bizgu

«Um livro é uma porta aberta para um mundo completamente novo.»
Emilian Bizgu

«Um livro é um guarda-jóias e cada palavra é uma pedra preciosa.»
Cíntia Borges

Apresentação electrónica de promoção da Semana da Leitura na nossa escola.

No âmbito da Semana da Leitura 2008, vamos desenvolver na Biblioteca a iniciativa “5 dias, 5 poemas”.

Este é o terceiro:

Canção de Leonoreta

Borboleta, borboleta
flor do ar
onde vais, que me não levas?
Onde vais tu Leonoreta?

Vou ao rio e tenho pressa!
Não te ponhas no caminho.
Vou ver o jacarandá,
Que deve estar florido.

Leonoreta, Leonoreta
Que me não levas contigo…

Eugénio de Andrade

 Novidades em DVD (oferta da revista Visão)

O DIÁRIO DA NOSSA PAIXÃO
“The Notebook” (2004 – 118 m)

o_diario_da_nossa_paixao.jpg

SINOPSE:
Em jovens, Allie (Rachel McAdams) e Noah (Ryan Gosling), apaixonam-se profundamente durante um verão repleto de emoção e liberdade. O jovem casal rapidamente é separado pelos pais de Alice que insistem que Noah não pertence ao seu mundo. Vários anos mais tarde, eles encontram-se novamente e o amor que sentem inflama-se de novo, forçando Allie a escolher entre o amor e a sua classe social. Terá o amor força suficiente para vencer?
Décadas mais tarde, um homem (James Garner)) lê um caderno antigo para uma mulher (Gena Rowlands) que visita regularmente no asilo. Embora a memória dela esteja enfraquecida, pouco a pouco, ela deixa-se envolver pela magia da presença dele, do que ele lhe lê, pela ternura dele… E o milagre acontece.
Baseado no best-seller de Nicholas Sparks, O Diário da Nossa Paixão é uma história com uma força delicada e comovente, uma beleza surpreendente e arrebatadora.
REALIZADOR: Nick Cassavetes
INTÉRPRETES: James Garner, Gena Rowlands, Joan Allen, Ryan Gosling, Rachel McAdams.

BOUNCE – UM ACASO COM SENTIDO
“Bounce” (2000 – 106 m)

bounce_um_acaso_com_sentido.jpg

SINOPSE:
Dois estranhos apaixonam-se. Um sabe que não é por acaso.
Buddy Amaral (Ben Affleck) sempre foi um vencedor… um homem de pessoas… um intimista. Enquanto sócio numa das mais agitadas e bem sucedidas agências de publicidade de Los Angeles, Buddy faz as coisas acontecerem. Destemido e confiante, e ferozmente encantador, os seus clientes adoram-no. E graças ao seu charme arrebatador… as mulheres também. Ao ver o seu vôo adiado, conhece no bar do aeroporto, outros dos passageiros que também esperam a chamada. Pensando estar a fazer uma boa acção, decide dar a sua vez a um deles, para que possa chegar a casa a tempo de acompanhar o filho numa actividade importante. Mas ao descobrir no dia seguinte, que o avião em que ele era suposto ir, tinha tido um acidente e não havia nenhum sobrevivente, fica mortificado e os remorsos intensificam o seu problema com o álcool, levando-o a uma clínica de desintoxicação durante 6 meses. Ao sair, decide procurar a viúva daquele passageiro, Abby Janello (Gwyneth Paltrow), uma dona de casa de um subúrbio de Los Angeles. Simples e com uma beleza natural, ela é uma mãe dedicada e uma amiga em quem confiar que leva uma vida simples, por quem se acaba por apaixonar perdidamente. Dois estranhos em mundos completamente diferentes até que algo os aproximou. Algo mais que atracção. Algo mais que o destino. Algo mais que uma coincidência.
REALIZADOR: Don Roos
INTÉRPRETES: Ben Affleck, Gwyneth Paltrow

O AVIADOR

“The Aviator” (2004 – 168 m)

 o_aviador_edicao_especial.jpg

SINOPSE:
O Aviador relata a vida de uma das figuras mais marcantes da América do Século XX, Howard Hughes (Leonardo DiCaprio), o excêntrico multimilionário da América dos anos 30. A sua paixão por aviões, cinema e por mulheres marcou um período na história americana.
O filme retrata a sua vida desde os finais dos anos 20 até aos anos 40, uma época em que Hughes era produtor e realizador em Hollywood, desenhava e criava aviões e relacionava-se com algumas das mais belas e elegantes mulheres da sua época, entre as quais duas lendas de Hollywood, a elegante Katharine Hepburn (Cate Blanchett) e a sensual e luminosa Ava Gardner (Kate Beckinsale).
Mas Hughes também tinha as suas próprias incapacidades e fobias, e as suas crescentes extravagâncias e o obsessivo comportamento vão levá-lo ao seu próprio isolamento.
Audacioso piloto, o mais famoso desde Charles Lindberg, Hughes tornou-se comandante da aviação comercial. Transformou-se numa figura mítica da América dos seus dias, envolto numa aura de agitação, encanto, sedução e mistério.

REALIZADOR: Martin Scorsese
INTÉRPRETES: Leonardo DiCaprio, Cate Blanchett, John C. Reilly, Kate Beckinsale, Jude Law, Adam Scott, Kelli Garner, Gwen Stefani, Nellie Sciutto, Alec Baldwin, Danny Huston, Matt Ross, Ian Holm, Alan Alda, Frances Conroy, Vincent Laresca, Justin Shilton, Brent Spiner, Josie Maran, Sam Hennings, Willem Dafoe, Stanley DeSantis.

logo_be_15-16

Estatística

  • 1,850,606 visitas

Videoteca - DVD para empréstimo na Biblioteca

dvdcolec
melhornet
Bookmark and Share diigo it

Ler ebooks

Arquivos

Fevereiro 2008
S T Q Q S S D
« Jan   Mar »
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
2526272829  

Comentários Recentes

SUAN em Provérbios de Maio
khanny merlina em Quantas vezes já pensaste…
joão marcelo nascime… em “Leilão de jardim”…
fhidafhui em Provérbios sobre o São Ma…
Sandy Matos em Provérbios de Setembro
feiradolivro
%d bloggers like this: