Em Julho, ceifo o trigo e o debulho, e em o vento soprando o vou limpando.

Em Julho, reina o gorgulho.

Dezembro com Julho ao desafio traz Janeiro frio.

Luar de Janeiro, sol de Julho.

Maio engrandecer, Junho ceifar, Julho debulhar.

Nevoeiro de S. Pedro põe em Julho o vinho a medo.

Quando Julho está a começar, as cegonhas começam a voar.

Anúncios