FERNANDO E ISABEL
Se fosse permitido dizer que entre pessoas mortais um espírito poderia habitar dois corpos, estes são os dois corpos governados por um espírito e uma vontade. — PEDRO MÁRTIR
Quando começaram seu reinado, tudo o que eles tinham eram sonhos de glória e a visão de um reino unificado. Ainda assim, a partir dos fragmentos que compunham a Espanha medieval do século XV, o rei Fernando e a rainha Isabel construíram as bases de um Estado.
Fernando, filho do rei de Aragão, recebeu a educação condizente com a de um herdeiro do trono, mas Isabel, filha da segunda mulher do rei de Castela, que passou a infância isolada da corte por seu meio-irmão, teve que lutar para conseguir sua coroa. Os dois casaram-se secretamente, e sem o consentimento do rei Henrique IV, em 1469. Depois de uma luta de dez anos para assegurar o trono de Castela para Isabel, eles consolidaram seu poder destruindo as bases de apoio dos nobres, instituindo reformas na Igreja Católica da Espanha e na economia e desenvolvendo uma administração centralizada. Em 1478, os monarcas introduziram a Inquisição no reino para eliminar os hereges e, em 1492, derrotaram os mouros em Granada, libertando a Espanha da dominação estrangeira. Isabel patrocinou, nesse mesmo ano, uma viagem exploratória para o oeste, capitaneada por Cristóvão Colombo.
Mais tarde, seguindo um elaborado plano dinástico, Fernando e Isabel conseguiram para seus filhos casamentos que os uniram às principais casas dirigentes da Europa. O desgosto provocado por várias tragédias familiares, entretanto, deixou marcas em Isabel, que morreu em 1504. Fernando, então, consumiu os últimos doze anos de sua vida forjando alianças europeias e tentando estabelecer o controle da Espanha sobre a Itália.
As realizações dos Reis Católicos, e suas próprias vidas, foram entremeadas de altos e baixos. Entretanto, assim como o amor dedicado pelo casal à causa da unificação do reino foi certamente o maior legado deixado aos espanhóis, o apoio na aventura que culminou com o descobrimento da América foi sua grande contribuição à História da humanidade.

Anúncios