NEHRU

O nosso principal interesse nos assuntos mundiais é a paz — fazer com que haja igualdade racial e que os povos subjugados se tornem livres. Quanto ao resto, procuramos não interferir e desejamos que outros povos não interfiram em nossos assuntos. — JAWAHARLAL NEHRU
Não mudaremos o curso da História virando os rostos dos retratos para a parede. – JAWAHARLAL NEHRU

A luta pela independência da índia firmou o renome de heróis quase lendários, como Mohandas Gandhi. Mas nenhum deles marcou o destino do país como Nehru, seu primeiro governante. Administrador da difícil transição no final do período colonial, ele encetou os caminhos da modernização e projectou a Índia para uma posição destacada na comunidade internacional.
Jawaharlal Nehru nasceu numa abastada família brâmane de Caxemira, em 1889, e estudou advocacia na Inglaterra. De volta à Índia, o jovem advogado conheceu Gandhi e engajou-se no movimento pela independência, chegando a ser o presidente do Congresso Nacional Indiano, a principal organização de oposição ao controle britânico. Primeiro-ministro a partir de 1947, quando os ingleses deixaram o país, Nehru cunhou o modelo político e económico indiano com fortes matizes socialistas, enfrentou os conflitos religiosos e étnicos internos, e os atritos de fronteira com a China e o Paquistão. No comando de um país castigado pela extrema pobreza da maioria da população, ele foi capaz de colocar as preocupações nacionais dentro de uma perspectiva internacional. Defensor da política de não-alinhamento em relação às superpotências, converteu a índia em um país líder do Terceiro Mundo.
Quando morreu, em 1964, tamanha era a popularidade de Nehru que se criou uma espécie de dinastia. A sua filha, Indira, o substituiu como primeiro-ministro. Quando ela foi assassinada em 1984, seu filho Rajiv Gandhi ascendeu ao poder.

Anúncios