You are currently browsing the daily archive for 10/02/2009.

GNR – Dunas

Letra:
Dunas, são como divãs
Biombos indiscreto de alcatrão sujos
Rasgados por catos e hortelãs
Deitados nas Dunas, alheios a tudo
Olhos penetrantes
Pensamentos lavados

Refrão

Bebemos dos lábios, refrescos, gelados
Selamos segredos
Saltamos rochedos
Em câmara lenta como na TV
Palavras a mais na idade dos porquês

Dunas como que são divas
Quem nos visse deitados de cabelos molhados bastante enrolados
Sacos camas salgados
Nas Dunas, roendo maçãs
A ver garrafas de óleo, boiando vazias nas ondas da manhã

Anúncios

amor1

No âmbito da comemoração da semana dos afectos e do Dia do Patrono, iniciámos a publicação de uma série de 20 poemas de amor de poetas famosos.

Este é o décimo sexto:

Elegia em Chamas

Arde no lar o fogo antigo
do amor irreparável
e de súbito surge-me o teu rosto
entre chamas e pranto, vulnerável:

Como se os sonhos outra vez morressem
no lume da lembrança
e fosse dos teus olhos sem esperança
que as minhas lágrimas corressem.

Carlos de Oliveira, in ‘Terra de Harmonia’

A propósito da efeméride hoje, trazemos de novo algumas regras de segurança nas redes sociais:

E eis alguns endereços úteis para alunos, pais e professores:

Em português:

http://www.internetsegura.pt

http://www.seguranet.pt

http://www.miudossegurosna.net

http://linhaalerta.internetsegura.pt

http://www.eiclicaqui.com/comissario/default.htm

http://www.cert.pt

http://www.microsoft.com/portugal/athome/security/default.mspx

http://emalerta.blogspot.com

Em inglês:

http://www.saferinternet.org

http://www.wisekids.org.uk/index.htm

http://www.saftonline.org

http://www.safer-internet.net

http://www.childnet-int.org/default.aspx

MAO TSÉ-TUNG
Uma revolução não é uma festa, ou escrever um ensaio, ou pintar um quadro, ou fazer um bordado. Ela não pode ser muito refinada, vagarosa e suave, nem comedida, gentil, cortês, discreta e magnânima. Uma revolução é uma insurreição, um acto de violência, mediante o qual uma classe subjuga a outra. — MAO TSE-TUNG
Eu testemunhei o extraordinário poder das massas. Baseando-se nele é possível realizar qualquer empreendimento. – MAO TSÉ-TUNG
Todo o povo é um campo armado. — MAO TSÉ-TUNG
Em Outubro de 1949, diante de imensa multidão reunida na praça da Paz Celestial, um homem alto e corpulento proclamava a fundação da República Popular da China. O homem era Mao Tsé-tung e, a partir daquela data, ao longo dos 27 anos que se seguiriam, marcaria profundamente a vida chinesa.
Filho de um pequeno proprietário rural, nascido em um vilarejo no sudeste da China, ainda muito jovem Mao Tsé-tung deixou a casa paterna e se juntou aos revolucionários comandados por Sun Yat-sen para derrubar o regime imperial.
Em 1921, foi fundador do Partido Comunista Chinês, o qual se aliou aos nacionalistas de Chang Kai-chek na luta contra a exploração estrangeira e o domínio dos terratenentes. Quando a aliança se desfez e as duas facções se empenharam em uma feroz guerra civil, o Exército Vermelho, criado por Mao, levou os comunistas à vitória final.

Comemora-se hoje o Dia Europeu da Internet Segura. Deixamos-te aqui uma apresentação que alerta para os principais perigos que corres quando estás on-line.

logo_be_15-16

Estatística

  • 2.063.616 visitas

Videoteca - DVD para empréstimo na Biblioteca

dvdcolec
melhornet
Bookmark and Share diigo it

Ler ebooks

Arquivos

Fevereiro 2009
S T Q Q S S D
« Jan   Mar »
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
232425262728  

Comentários Recentes

SUAN em Provérbios de Maio
khanny merlina em Quantas vezes já pensaste…
joão marcelo nascime… em “Leilão de jardim”…
fhidafhui em Provérbios sobre o São Ma…
Sandy Matos em Provérbios de Setembro
feiradolivro
Anúncios
%d bloggers like this: