You are currently browsing the monthly archive for Fevereiro 2009.


SINOPSE
Apaixonado por Espanha, Orson Welles, um dos maiores, mais brilhantes e inclassificáveis realizadores de todos os tempos, dedicou 14 anos da sua vida a DOM QUIXOTE, uma obra desmesurada a que o seu enorme génio não poderia ficar indiferente. Welles mergulhou na obra de Cervantes através das personagens de Dom Quixote e Sancho Pança que viajam pela Espanha de 1960, dando uma visão única e apaixonante das mais emblemáticas personagens espanholas. O filme mostra as gentes e costumes espanhóis, destacando as largadas e as corridas de touros que tanto fascinavam Welles, sem deixar de lado tradições populares como as Festas dos Mouros e dos Cristãos, ou as procissões religiosas. As excepcionais interpretações de Reiguera e Tamiroff, tal como a aparição de Welles em algumas cenas, fazem com que este seja um filme absolutamente imprescindível neste ano de comemoração dos 400 anos sobre a publicação da obra de Cervantes.

REALIZADOR
Orson Welles

INTÉRPRETES
Francisco Reiguera, Akim Tamiroff, Orson Welles, José Mediavilla, Juan Carlos Ordóñez, Constantino Romero, Fernando Rey.

Anúncios

Vodpod videos no longer available.


FREDERICO, O GRANDE
Quando existe a possibilidade para procedimento honroso, sejamos homens de honra; quando a simulação for necessária, sejamos patifes. – FREDERICO, O GRANDE
Frederico II, rei da Prússia entre 1740 e 1786, ganhou dos seus contemporâneos o cognome de “o Grande” por uma série de feitos bem delineados: transformou o seu reino numa potência europeia, modernizou a economia e patrocinou as artes e a cultura. Mas, sobretudo, lutou — com sucesso — na maioria das guerras travadas na Europa Central em seu tempo.
Ele preferia ser lembrado como o “rei-filósofo”. Como poeta, músico e intelectual influenciado pelo Iluminismo, Frederico II deu, de facto, sua contribuição à teoria política, defendendo a supremacia do Estado e argumentando que o poder real dependia do consentimento popular, em contrapartida à tradicional crença na bênção divina para as monarquias. À frente de um exército bem treinado, o soberano definiu os padrões de guerra do século XVIII e deu impulso ao militarismo prussiano, com impacto decisivo na história da Alemanha. Estadista, não hesitou em romper tratados e alianças ao sabor de seus interesses de momento — e defendeu, sem pudor, a sabedoria dessa diplomacia pouco ética.
Nascido em 1712, Frederico II chegou ao trono com a morte de seu pai, Frederico Guilherme I, o “rei-sargento”. Era então uma figura ridicularizada por uma adolescência infeliz: o seu pai considerava-o efeminado e espancava-o publicamente. Administrador e general competente, Frederico II conquistou, de espada na mão, o respeito das cortes europeias e a confiança da população de seu reino.


História cativante de um menino Moçambicano que, ao longo da vida foi encontrando respostas para questões que o desassossegavam…
«…Por vezes, para descontrair, fazia sozinho longos passeios pelo vale. Deleitava-se apreciando as micaias espinhosas com suas flores delicadas de tom amarelado, exalando suave perfume de fazer inveja às rosas. Adorava a estética das suas copas achatadas encimando o tronco masculino e rugoso. Dele derivavam elegantes ramos em direcção à rendilhada folhagem verde-clara. Era impressionante observar como a Natureza tinha conseguido o equilíbrio perfeito entre tronco rude provido de espinhos – no entanto, elegante: ramos também repletos de espinhos protectores a condizerem com o tronco; folhagem frágil e flor de delicadeza indescritível, com peso de pluma. Típica árvore da tela africana, saída da paleta do Criador.»

Via Trafegando Ronseis


WASHINGTON
A administração da justiça é o mais sólido pilar do governo. – GEORGE WASHINGTON
A base de nosso sistema político é o direito de o povo elaborar e alterar as Constituições de governo. – GEORGE WASHINGTON
George Washington nasceu em 1732, na colónia inglesa da Virgínia, sendo o segundo filho de um abastado fazendeiro da região. Embora tenha sido treinado para trabalhar como agrimensor, muito jovem ainda destacou-se como soldado, prestando serviço à Coroa britânica na Guerra contra os Franceses e os índios. Em 1759, tornou-se membro do Parlamento da Virgínia e um dos líderes da oposição à política colonial inglesa. Escolhido como delegado aos Congressos Continentais — assembleias de representantes das treze colónias —, no segundo deles, em 1775, foi nomeado comandante-chefe das forças rebeldes.
Após o sucesso da revolução emancipadora, Washington liderou a Convenção Constitucional, a assembleia que se encarregou de criar a estrutura de governo do país recém-formado. Em 1789, a nação que passara a ser conhecida como os Estados Unidos da América elegeu George Washington como seu primeiro presidente. Nesse cargo, ele organizou o Poder Executivo e o Poder Judiciário, criou o primeiro banco do Estado e instituiu tarifas alfandegárias para proteger a produção nacional, tarefas nas quais demonstrou a mesma habilidade e capacidade de liderança que caracterizaram sua actuação no campo de batalha.
Washington não apenas manteve unidos os treze Estados conflituantes durante os críticos primeiros anos de governo,.mas também estabeleceu linhas de acção — política, económica e nas relações internacionais — que continuam a moldar a actuação dos Estados Unidos ainda hoje.

História comovente de um idoso, que sensibilizado com a vida desafortunada de um menino sem abrigo, o recolhe, ampara e encaminha…
«[…] Tsongonhana foi contando a história infeliz de muitos meninos que ficam órfãos por causa da malvada guerra… por causa de alguns homens serem maus, não se importarem com os mais desfavorecidos… alguns só pensam mesmo é nas suas barrigas…!
[…] Agora queria aprender a talhar a madeira. Que peças lindas… o avô fazia! As garças… que espanto! Cora seus bicos pontiagudos, pernas altas feitas em arame zincado… Que aves esbeltas! As suas cores brilhantes onde o vermelho, o preto e o branco contrastavam. Os seus olhos feitos com incrustações de sementes bravias – tudo com grande delicadeza.»

Um conjunto de cinco curtas-metragens para os mais pequenos:

A Grande Migração (La grande migration)


Realizado por Iouri Tcherenkov
País de origem: Suíça
Duração: 6 minutos
Sinopse
As divertidas aventuras de um pássaro migrador que se perde dos companheiros, no meio do nevoeiro.

Apartamentos (Flatlife)


Realizado por Jonas Geirnaert
País de origem: Bélgica
Duração: 11 minutos
Sinopse
Nas cidades, as pessoas mal conhecem os seus vizinhos. Mas, às vezes, somos mesmo forçados a não os ignorar…

Azul (Blue)

azul
Realizado por Vincent Coni, Anne Sophie Palermo e Julien Thebaut
País de origem: Irlanda
Duração: 5 minutos
Sinopse
Um rapaz obeso é motivo de troça dos colegas e cai ao mar, deparando-se com um universo inesperado, talvez melhor para viver.

O Novo Aluno (New Boy)

Realizado por Steph Green
País de origem: Irlanda
Duração: 10 minutos
Sinopse
Um rapaz africano chega à sua nova turma e é recebido com hostilidade por alguns colegas. Mas Joseph tem mo¬tivos para não se deixar intimidar.

O Pequeno Homem (Lille Mand)

pequenohomem
Realizado por Esben Tonnesen
País de origem: Dinamarca
Duração: 13 minutos
Sinopse
Um rapaz procura descobrir as características do sexo oposto, como tema de um trabalho escolar.

No âmbito da semana dos afectos, estiveram presentes presentes na nossa escola, nos dias 12 e 13 de Fevereiro, duas associações de protecção dos animais, para falarem com alunos do 5.º e 6.º anos. Na quinta-feira, esteve connosco a  Focinhos&Bigodes – Associação Zoófila para Protecção de Animais Abandonados e Ambiente, na pessoa da D. Ana Maria Francisco, tendo assistido à sessão a turma 6.º 2.ª e ainda os delegados e subdelegados das restantes turmas do 6.º ano. Na sexta feira foi a vez da turma 5.º 3.ª ( os delegados e subdelegados das restantes turmas do 5.º ano) participarem na sessão com a Associação de Protecção aos Cães Abandonados –  Canil de Sintra, que esteve representada pela D. Natália. Neste última sessão esteve também presente um veterinário, o Dr. Daniel Pinheiro, da Nestlé-Porina.

Já agora, se quiseres adoptar um dos animais que aparecem em cima (ou saber um pouco mais sobre eles), clica nas respectivas imagens.

logo_be_15-16

Estatística

  • 2.076.193 visitas

Videoteca - DVD para empréstimo na Biblioteca

dvdcolec
melhornet
Bookmark and Share diigo it

Ler ebooks

Arquivos

Fevereiro 2009
S T Q Q S S D
« Jan   Mar »
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
232425262728  

Comentários Recentes

SUAN em Provérbios de Maio
khanny merlina em Quantas vezes já pensaste…
joão marcelo nascime… em “Leilão de jardim”…
fhidafhui em Provérbios sobre o São Ma…
Sandy Matos em Provérbios de Setembro
feiradolivro
Anúncios
%d bloggers like this: