sp
O Amor foi celebrado, como todos os anos, na nossa escola.
Com os alunos reflectimos sobre a importância dos afectos, sobre o que nos faz gostar de alguém e porque é que somos amados. Conjugamos os verbos Gostar e Amar e percebemos que é na partilha de emoções que eles se encontram.
Dando asas à criatividade, os corredores do Pavilhão A encheram-se de “corações” e “mãos” prontas a dar e receber, anunciando virtudes e emoções.
Na sala de professores, tentando esquecer tempos menos tranquilos, os professores aceitaram o desafio dos Grupos de Inglês e Ciências Naturais. Partilhámos poemas, canções, gargalhadas e declarações. No dia 17 de Fevereiro, qual “cereja em cima do bolo”, despedimo-nos de S. Valentim com o animado Coro da escola. Ninguém resistiu à energia e brilhantismo dos professores e alunos que contagiaram toda a sala de professores.
E para que o Dia de S. Valentim não seja só “mais um dia” a celebrar, importa nunca esquecer que Crescer implica a partilha de afectos, todos os dias.

Helena Farinha e Zilda Mesquita

Anúncios