Comemora-se amanhã o Dia Internacional da Mulher. A data é comemorada desde 1910, em homenagem às mulheres que morreram numa fábrica de tecidos, situada na cidade norte americana de Nova Iorque, por reivindicarem melhores condições de trabalho.

A história remonta a 1857, quando operárias desta fábrica de tecidos fizeram uma greve e ocuparam a fábrica, reivindicando melhores condições de trabalho, tais como redução na carga diária de trabalho, de 16 para dez horas, equiparação de salários com os homens e tratamento digno dentro do ambiente de trabalho.

As fábricas exigiam 16 horas de trabalho diário e as mulheres chegavam a receber apenas um terço do salário de um homem, pelo mesmo tipo de trabalho.

A manifestação foi reprimida com violência e as mulheres foram trancadas dentro da fábrica, que depois foi incendiada. Aproximadamente 130 tecelãs morreram carbonizadas, num acto totalmente desumano.

O dia 8 de Março começou a ser comemorado em 1910, mas somente em 1975, através de um decreto, a data foi oficializada pela ONU (Organização das Nações Unidas).

Site oficial da ONU sobre este dia (em inglês)

A história do 8 de Março (em português – pdf)

Anúncios