A família que não cabia dentro de casa

Será que ninguém consegue acertar com o nome dela? Maria Ana e não Mariana, como teimam em chamar–Ihe! É assim tão difícil? Que aborrecimento… Mas isso, ao pé de um grande amor desfeito e de outro, maior ainda, destinado a desfazer-se; ao lado das andanças de uma avó tão irrequieta que acaba de partir uma perna a esquiar na neve; ao lado do primo que namora com uma senhora de Leste incapaz de entender uma só das suas muitas palavras amorosas; ao lado de uma prima que não traz nada de bom ao complicado da história; ao pé dos berros de um motorista de táxi muito original e de um fantasma que assombra aos gritos uma casa inteira; ao lado da vizinha que tem uma irmã a transformar-se num monstro assustador… Ao lado de tudo isso, não saberem o seu nome não tem quase importância…
Os problemas da Maria são tão iguais aos teus… Se calhar, são tão iguais… que não têm comparação!

Título: A família que não cabia dentro de casa
Autor: Alexandre Honrado
Ilustrações: Rogério Taveira
Editora: Âmbar

Anúncios