Fábulas de La Fontaine

Tradução e adaptação de Maria Alberta Menéres

Esta semana trazemos-te um livros da autoria de uma dos mais famosos autores de fábulas de sempre: La Fontaine.  Duas dezenas de fábulas traduzidas e adaptadas por Maria Alberta Menéres, com ilustrações de José Garcês.

Uma das suas fábulas mais conhecidas é «O Leão e o Rato», que aqui reproduzimos:

Temos de avisar a tempo toda a gente:

É bom ter junto a nós quem mais pequeno é.

Qualquer fábula é testemunho evidente

Do que, mais que provado, é dito em boa fé.

Entre as patas de um Leão

Se viu um Rato, em hora distraída.

O Rei dos animais, em tal ocasião,

Magnânimo se mostra e não lhe tira a vida.

Esta bondade, não a fez em vão.

Mas quem ia prever a situação

De um Leão precisar de um vil Ratito?

Foi ao fim da manhã que, sem razão para tal,

Sobre o Leão tombou uma rede fatal

E na armadilha cai um Rei Leão aflito.

Eis que o Rato lhe acode: à rede mete o dente

E com calma desfaz a malha que o prende.

Saber dar tempo ao tempo e ter paciência

Valem mais do que força e violência.

Se quiseres ler e ouvir mais fábulas de La Fontaine (e outros autores), visita o fantástico sítio No mundo das fábulas. Para saberes mais La Fontaine, podes consultar esta página (em francês) e o artigo sobre La Fontaine na Wikipedia

Anúncios