You are currently browsing the daily archive for 01/03/2010.


Tendo em conta que se está a aproximar o Dia Mundial da Poesia (já no próximo dia 21), hoje sugerimos-te para livro da semana um pequeno grande livro, da autoria de um dos maiores portugueses, e ilustrado por um um dos melhores artistas plásticos do século XX. Trata-se de Aquela nuvem e outras, um conjunto de 20 poemas para crianças (mas de que os adultos também vão gostar), da autoria de Eugénio de Andrade e ilustrados por Júlio Resende. Eis um dos seus poemas:

Não quero, não
Não quero, não quero, não,
ser soldado nem capitão.
Quero um cavalo só meu,
seja baio ou alazão, sentir o vento na cara,
sentir a rédea na mão.
Não quero, não quero,não
ser soldado nem capitão.
Não quero muito do mundo:
quero saber-lhe a razão,
sentir-me dono de mim,
ao resto dizer que não.
Não quero, não quero, não,
ser soldado nem capitão.

Anúncios


PORDATA é um serviço público de informação estatística criado pela Fundação Francisco Manuel dos Santos e que disponibiliza milhares de estatísticas e indicadores sobre os mais diversos aspectos da realidade portuguesa.
Existem várias maneiras de procurar a informação desejada. É possível fazer uma busca por palavra-chave, como no Google, no Yahoo, no Bing e noutras ferramentas similares.
Pode-se aceder por etapas, o que permite visualizar várias possibilidades e ir seleccionando o que se pretende.
O portal permite ainda executar consultas avançadas, incluindo através da selecção de intervalos de tempo ou de anos específicos.
Poderá finalmente efectuar os cálculos que quiser e criar os seus próprios indicadores.

Integrado no programa de comemorações do Dia da Árvore e do Dia da Poesia, iniciamos hoje a publicação de uma colectânea de 20 poemas sobre a árvore ou a natureza, maioritariamente de autores portugueses.
Começamos por Jorge Sousa Braga:

As trepadeiras

Trepem, trepem trepadeiras!
Trepem, trepem pelo ar!
Que de plantas rasteiras
está a terra a abarrotar.

Trepem, trepem trepadeiras!
Trepem, trepem sem parar!
E se o muro se acabar
trepem, trepem trepadeiras,
por um raio de luar.

Jorge Sousa Braga

Aqui ficam alguns trabalhos realizados por alunos da propósito das actividades do dia do patrono. Clica para veres maior.

logo_be_15-16

Estatística

  • 2.080.017 visitas

Videoteca - DVD para empréstimo na Biblioteca

dvdcolec
melhornet
Bookmark and Share diigo it

Ler ebooks

Arquivos

Março 2010
S T Q Q S S D
« Fev   Abr »
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031  

Comentários Recentes

SUAN em Provérbios de Maio
khanny merlina em Quantas vezes já pensaste…
joão marcelo nascime… em “Leilão de jardim”…
fhidafhui em Provérbios sobre o São Ma…
Sandy Matos em Provérbios de Setembro
feiradolivro
Anúncios
%d bloggers like this: