É um dos animais mais fugidios da fauna ibérica. Tão raro, que ganhou o triste epíteto de felino mais ameaçado do mundo. Hoje em dia, o lince-ibérico, outrora tão comum nos bosques portugueses e espanhóis, apenas sobrevive em escassos montes da Andaluzia. Mas, ao contrário do que alguns tentam fazer crer, o lince-ibérico não é um mito. Ainda não desapareceu por completo.Apesar de estar à beira da extinção, é possível salvar esta espécie única e bela.

E este predador que podes ficar a conhecer ao longo das páginas deste belo livro:

Anúncios