You are currently browsing the daily archive for 01/02/2011.

A Google fez uma parceria com 17 dos museus de arte mais importantes do mundo, que permitirá, através da internet, descobrir e visualizar no ecrã mais de mil obras em alta resolução e 17 com super resolução com um nível de detalhe extremo.

O projecto, que se encontra disponível em  http://googleartproject.com, conta com a participação de museus como a National Gallery de Londres, o MoMA de Nova Iorque, o Hermitage de São Petersburgo, a Galeria do Uffizi (em se encontra a obra reproduzida acima: o Nascimento de Vénus, de Botticeli), ou o Museu Van Gogh, em Amesterdão.

Os  utilizadores podem também circular virtualmente pelas galerias e seleccionar as obras que mais lhes interessam. Um painel de informação permite aceder a mais detalhes sobre a obra de arte, encontrarem outros trabalhos do mesmo artista ou visualizarem vídeos relacionados no YouTube.

Anúncios

Já estão definidas as datas dos exames nacionais do 9.º ano: assim, o exame de Língua Portuguesa decorrerá a 20 de Junho e o de Matemática a 22 do mesmo mês. A segunda chamada será a 27 de Junho, no caso da Língua Portuguesa, e 30 de Junho para a Matemática.

E por falar em exames: já reparaste que na Biblioteca preparámos uma nova estante só com materiais para te ajudarem a preparar o exame?

Até dia 14 de Fevereiro, publicaremos todos os dias uma reflexão sobre o amor, da autoria de alunos do 6.º ano. Esta é a segunda:

O Amor é como…

Um jardim que tem um pouco de tudo. (Margarida Santos, 6º1ª)

Um livro onde há capítulos bons e capítulos maus… (Beatriz Marques, 6º1ª)

Um arco-íris sem fim. (João Matos, 6º1ª)

Beber um chá quente e delicioso. (André Pires, 6º1ª)

Uma bela cascata com um arco-íris a atravessá-la. (Catarina Sardo, 6º1ª)

Um fogo escaldante… (Romário Nicolau, 6º3ª)

Um doce que se saboreia com prazer até ao fim. (Arménia Nicolau, 6º3ª)

A luz do sol: aquece-nos e dá-nos alegria. (João Ferreira, 6º3ª)

Uma flor vermelha, cor da paixão. (Hélder Pires, 6º7ª)

Um sol muito quente… (David Matias, 6º7ª)

Uma maçã doce que se morde com satisfação. (Aneide Quaresma, 6º7ª)

O nascer do sol. (Mali Baldé, 6º7ª)

Uma sobremesa doce coberta com canela. (Maria Silva, 6º7ª)

Ter um morango doce na boca. (Nuno Indami, 6º7ª)

Um conjunto de cónicas de cinema, da autoria de Vinicius de Moraes

«Sou um apaixonado de Cinema. Só Deus sabe como gosto de uma boa fita, o prazer que me traz «ver Cinema», discutir, ponderar, escrever, até fazer Cinema na Imaginação. Acho mesmo que só a Música traz-mc uma tão grande sensação de plenitude e gratidão. Não vou aqui me gabar – mas vi Luzes da Cidade mais de vinte vezes. Aliás não seja por isso porque Otávio de Faria viu mais de trinta. […] Quisera também criar uma atmosfera propícia ao Cinema, ajudar no que fosse possível e que por isso ninguém me levasse a mal. Mesmo porque, se levar, tanto pior.
Cecil B. de Mille deu cuidados especiais à cena finai [de Sansão e Dalila], quando o templo rui. Engraçado: o templo rui – não soa esquisito? Rui… rui, ou rói? O templo rói… Não: acho que é rui mesmo. Enfim, rui ou rói, aquela joça toda vem abaixo ante a pressão do «bíceps» de Víctor Mature. Levanta uma poeirada danada. O fitinha besta!»

Rigor analítico e galhofa, fato estético e reminiscência pessoal. Uma escrita livre, desierarquizante, lírica, irónica, ágil (em muito adiantando-se ao modo com que críticos e cineastas se expressariam nos anos 6o).
Do prefácio de Eucanaã Ferraz

Sobre o autor: http://www.viniciusdemoraes.com.br/site/
qrcode

logo_be_15-16

Estatística

  • 2.069.528 visitas

Videoteca - DVD para empréstimo na Biblioteca

dvdcolec
melhornet
Bookmark and Share diigo it

Ler ebooks

Arquivos

Fevereiro 2011
S T Q Q S S D
« Jan   Mar »
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28  

Comentários Recentes

SUAN em Provérbios de Maio
khanny merlina em Quantas vezes já pensaste…
joão marcelo nascime… em “Leilão de jardim”…
fhidafhui em Provérbios sobre o São Ma…
Sandy Matos em Provérbios de Setembro
feiradolivro
Anúncios
%d bloggers like this: