You are currently browsing the daily archive for 07/02/2011.

Clica na imagem para veres maior.

Anúncios

O Grito Silenciado
Diário de Uma Viagem ao Afeganistão

Autor: Ana Tortajada
Edição: 2002
Páginas: 198
Editor: Edições Asa
ISBN: 9789724127668

Sinopse
O relato de uma mulher afegã refugiada no Paquistão despertou na catalã Ana Tortajada uma grande admiração e solidariedade para com a história e a vida do povo do Afeganistão. Este sentimento, a que se juntou o desejo de conhecer de perto a realidade e o drama do país, levou-a a empreender uma viagem ao coração e ao horror da guerra. Em Agosto de 2000, Ana e duas companheiras puderam observar no terreno a situação dos refugiados afegãos no Paquistão: a miséria, a exploração laboral, o trabalho infantil e a quase inexistente ajuda internacional. Já no Afeganistão, nomeadamente em Cabul, e a viver de perto a repressão taliban, foram também testemunhas da luta clandestina de muitas pessoas que, pondo em risco a própria vida, tentaram que a educação, a cultura e a tolerância não enfraquecessem ante as armas dos opressores. Das suas experiências resultou este relato surpreendente – uma denúncia dos horrores infligidos por um regime que, em nome do Islão, torturou e assassinou impunemente, subjugando toda uma população cuja luta foi durante demasiado tempo ignorada.

Sobre o Afeganistão.

qrcode

A nossa sugestão de hoje vai para um sítio que te leva numa visita virtual ao anexo, denominado Anexo Secreto, onde  Anne Frank e a sua família (Edith, Margot e Otto Frank), juntamente com mais quatro pessoas (Peter, Dussel,sr. e sra. Van Daan) viveram 25 meses, durante a Segunda Guerra Mundial, em Amesterdão,  para fugirem à perseguição nazi.

Inicia aqui a visita

Começamos hoje a publicar os textos vencedores do concurso de escrita criativa.

Começamos pela menção honrosa da categoria ensino nocturno:

O PERU PINGUINHAS

Vinha o Pai Natal a passar na rua quando ouviu:

“THINC..THANC…CHUNK …”
–  Ora essa?!!! O que será?!.. – espreitou e viu… a gorduchinha D. Fininha, com as bochecholas rosadinhas e grandes tamancas, a correr atrás dum enorme peru. O peru dizia:
– Já viram isto?!.. toda a minha vida era só…
Por outro lado, ouvia-se D. Fininha:
– Estás muito bonitinho… Hum… tás mais rechonchudinho… e…  hoje anda atrás de mim! Anda cá meu bichaninho, que tenho uma pinguinha, anda cá.
Lá o apanharam.
–  CLUD, GLUD, GLUD.- ouviu-se com pausa. O peru abriu um olho, e depois o outro e…
–  Olha!… a D. Fininha?! mas …não está bem?!!! parece mais balofinha… mas é ela com duas caras!… não!… não está… tá com três caras … ORA! BARBELAS?!… Não!… não ’tá… tá com… quatro caras, três orelhas, um tacho, hops… um tacho??? um pirum p’ra cada lado, p’ra ca…ás, p’ra lás… (ou de lás p’ra cás???)
–  OK… três pernas, seis “dedas”, “duas sapatos”, quatro orelhas … POIS, “ASSINS” É QUE TÁ CE… ERTO! – dizendo com um ar sereno e consolado.
–  É LI-INDAS A D. Grossaaaa,.. HIP!.. O Paiiiii-Naa-tal,.. HIP!.., O NA-AAL …

logo_be_15-16

Estatística

  • 2.070.071 visitas

Videoteca - DVD para empréstimo na Biblioteca

dvdcolec
melhornet
Bookmark and Share diigo it

Ler ebooks

Arquivos

Fevereiro 2011
S T Q Q S S D
« Jan   Mar »
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28  

Comentários Recentes

SUAN em Provérbios de Maio
khanny merlina em Quantas vezes já pensaste…
joão marcelo nascime… em “Leilão de jardim”…
fhidafhui em Provérbios sobre o São Ma…
Sandy Matos em Provérbios de Setembro
feiradolivro
Anúncios
%d bloggers like this: