A poesia invadiu o pátio da escola, com um entendal de poemas da autoria dos nossos alunos. Aqui ficam as fotos e, mais abaixo, alguns dos poemas expostos:

Este slideshow necessita de JavaScript.

Chega depressa, ó primavera!

Chega depressa, ó minha primavera!
Nós estamos todos à tua espera
Dás cor à nossa vida e vida às cores
Folhas novas substituem as velhas

As folhinhas verdes e as flores
dão o mel às abelhas

És a alegria dos lavradores
E dos passarinhos que fazem o ninho
Todos se preparam para a tua chegada

Chega depressa, ó primavera!
Estamos todos à tua espera!
Ana Sofia Pedro, 5º4ª

Adeus, chuva!
Adeus, frio!
Adeus, inverno!
A primavera está à vista!

Adeus, árvores nuas!
Adeus, folhas mortas no chão!
Adeus, inverno!
Olá, primavera!

Olá, linda natureza!
Olá, belas andorinhas!
Adeus, inverno!
A primavera está à vista!

Olá, flores gloriosas!
Olá, sol brilhante!
Adeus, inverno!
Olá, primavera!

Carlos Costa, 5º4ª

A alegria

É azul como o céu
Sabe a chocolate de leite
Cheira a pipocas doces
É quente como o pôr-do-sol

Tem o som de passarinhos a chilrear
O movimento das nuvens
É leve como o ar
Faz-me sentir na lua

Marília Silva, 5º4ª

A Poesia lembra-me…

A poesia lembra-me o amor
O amor lembra-me os amigos
Os amigos lembram-me a família
A família lembra-me a amizade
A amizade lembra-me a felicidade
A felicidade lembra-me a poesia

Rafael Semedo, 5º4ª

A dança do A

Um dia a Ana, o André, a Anabela
o Alexandre, a Anita e o António
repararam que os seus nomes
começavam todos por A.
Disseram ao mesmo tempo:
̶ Que admirável!

A Alícia, o Ausónio, o Arnaldo
e o Armindo, lá na aldeia
repararam que os seus nomes
também começavam por A.
E disseram todos assim:
̶ Que admirável!

Veio logo a Antonieta de longe
A gritar: “Esperem,
Esperem por mim!

Isabelle Souza, 5º6ª

Anúncios