Resultado de imagem para contos de caes e maus lobos

A BE adquiriu recentemente esta obra de Walter Hugo Mãe: Contos de Cães e Lobos Maus com magníficos desenhos de diversos artistas portugueses, desde Joana Vasconcelos a Graça Morais, entre muitos outros. No prefácio de Mia Couto pode ler-se: “A escrita de Valter sugere, a todo o momento, que os outros somos nós mesmos“. Com efeito, os cães e os lobos são elementos representativos da nossa ansiedade perante a vida na fundamental aprendizagem da vida e da felicidade.

Debaixo da minha cama viviam um monstro triste e um lobo velhinho. Faziam-se companhia. o primeiro lamuriando e o segundo apenas a suspirar. Eu sonhara sempre com monstros cheios de energia, com ideias para brincadeiras de pregar sustos e correr, mas aquele que inventei era cabisbaixo, aflito, tinha problemas, não explicava muito sobre assunto algum. Dava-lhe para assustar, ficava com peso na consciência quando se mexia porque incomodava o lobo seu amigo que só procurava estar sossegado.
In “Querido Monstro” p. 47

Estes contos, com títulos sugestivos como “A menina que carregava bocadinhos”, “O menino de água” e “A princesa com alma de galinha”, são para todas as idades, simples, profundos e emotivos.

O texto apresenta, no início, o citação muito sugestiva. “Pássaros criados em gaiolas acreditam que voar é uma doença.”

Alejandro Jodorowsky

Um livro a não perder. Textos breves, incisivos. Agora numa estante perto de ti!

Ana Isabel Falé