You are currently browsing the category archive for the ‘Língua Portuguesa’ category.

novacapa

Já está disponível o ebook Utopia – Viajar, Conhecer, Imaginar…, antologia de textos das Turmas 5.º A, 5.º B, 5.º C , 5.º D, 5.º E, 5.º F, 5.º G, 5.º H, 6.º A, 6.º B, 6.º C , 6.º D, 6.º E, 6.º F, 6.º G, 7.º B, 7.º C, 7.º D, 7.º E, 7.º F , 7.º G, 7.º H, 7.º I, 8.º D, 8.º E, 8.º F e 8.º H da nossa escola, elaborados no âmbito do tema do Plano Anual de Atividades 2016-2017.

Podes descarregar aqui o ebook em formato pdf e epub.

A partir da próxima semana, estará disponível a versão em papel, que poderás adquirir na biblioteca ou com o teu professor de Português.

“A leitura é sempre o esforço conjugado de compreender e de incorporar”.

SCHOLES, 1991.

 

leitor

Por leitura entende-se, numa fase inicial, a capacidade de decifração do conteúdo formal de um texto (sons e palavras). Só mais tarde a leitura se assume como a reprodução do texto em conformidade com as relações sintáticas e semânticas ao nível da frase.   Mais tarde ainda, já conhecedor dos sons correspondentes à representação gráfica das palavras, pretende-se que, progressivamente, o aluno apreenda sentidos à medida que procede à decifração formal. A conjugação destas duas operações em perfeita sincronização conduz-se ao leitor ideal.  Este tipo de leitor lê e compreende o que lê, no momento em que lê, mesmo que o faça em voz alta. Porém, há nas nossas escolas um longo caminho a percorrer até atingir o culminar do exercício da leitura como decifração, nem só do universo ficcional, mas do próprio mundo.

Este leitor, a que chamaremos proficiente, vai muito além: relaciona conteúdos e experiências de vida; retira ilações do que lê de forma a construir a sua própria mundividência; exerce o seu espírito crítico e o seu livre arbítrio; problematiza o que lê, antecipa e prevê outras leituras, estabelecendo extratextos a partir do que leu.

Assim, importa que nos perguntemos que tipo de leitor queremos formar na nossa escola. Leitores comprometidos com a literatura e com sua capacidade de ampliar horizontes e visões de mundo ou somente leitores automatizados? É preciso que o professor ou mediador da leitura, tenha um real envolvimento e compromisso com o livro e a com literatura e com o tipo de desempenho que pretende dos seus alunos, pois, como é sabido,  no sentido mais lato da literacia inclui-se a leitura crítica de todos os tipos de texto, seja em linguagem verbal como em linguagem não verbal, a capacidade de ler, separar, categorizar e transformar a a informação em novo saber. Um longo caminho a percorrer.

Neste campo, os concursos que anualmente se realizam nas escolas, apesar da aparência rotineira dos mesmos, constituem um exercício de leitura que ultrapassa de longe a mera capacidade de reprodução do que se lê.  Não são muito concorridos, não trazem tanta popularidade como os resultados de um torneio de desporto, mas aqueles que participam são efetivamente alunos que estão no bom caminho para se transformarem no tipo de leitor que queremos formar nas nossas escolas. É por isso que nunca é de mais noticiar  este tipo de eventos, sensibilizar mais alunos a concorrerem, dar destaque aos resultados e divulgar os processos. Aqui fica a notícia referente ao nosso último concurso de leitura.

 

Realizou-se  no passado dia 2 de maio, pelas 10h, na BE/CRE da Escola E.B. 2,3 Padre Alberto Neto, a fase final do Concurso de Leitura -3º CICLO, cujas provas foram:
  • Perguntas escolhidas aleatoriamente sobre  as obras O Gato Malhado e a Andorinha Sinhá de Jorge Amado e História da gaivota e do gato que a ensinou a voar de Luís Sepúlveda;
  • Leitura oral de excertos das obras referidas.
Os resultados finais foram os seguintes:
1º Lugar: Carolina Peixe do 8º2ª
2º Lugar: Madalena Rodrigues 7º1ª
3º Lugar Ana Raquel  8º2ª
4º Lugar João Costa  7º3ª
.
Estão de parabéns os nossos vencedores, tal como todos os participantes. A organização do concurso esteve a cargo da Professora Ana Paula Rocha, uma parceria entre o Departamento de Português e a Biblioteca da nossa escola.
.
Ana Isabel Falé

phpThumbO documentário «Além de Nós» é uma viagem sobre a importância estratégica da língua portuguesa em algumas partes do mundo.
Na Ásia, a língua de Camões é uma raridade linguística. Assim, muitos jovens chineses aprendem o português nas universidades para garantir um emprego bem pago em empresas com negócios em África ou no Brasil. Na universidade de Xangai, os estudantes conseguem ser fluentes ao fim de dois anos, como Leonor que nunca tendo lido um romance em português encontra na internet as novelas e as canções em moda em Portugal.
Em Macau, Lao e Inácia acreditam que ainda vale a pena estudar para ser professora de português. A divulgação da língua portuguesa é hoje maior na antiga concessão do que há dez anos, altura em que Macau passou a estar sob soberania da China. Essa valorização da língua está relacionada com a globalização e os interesses económicos da China e de potências emergentes como o Brasil e Angola.
No Brasil, por exemplo, está a ser implementada uma universidade afro-brasileira na pequena cidade de Redenção, segundo um projeto do próprio Lula da Silva. Visa a formação de quadros dos Palop num esforço para fortalecer as relações do Brasil com o resto do mundo lusófono. O Brasil, que nesse universo assume por vezes um papel de vanguarda, concentra na cidade de São Paulo o maior número de falantes de português no mundo, mantendo aberto ao público e com enorme sucesso o único Museu da Língua Portuguesa.
Em Angola, a reconstrução do país passa pelo investimento na educação. As autoridades angolanas não querem perder o vínculo com a língua portuguesa, uma verdadeira língua franca que permite a comunicação entre várias etnias do território. Jovens professores portugueses estão na cidade do Namibe desde Setembro no âmbito do projeto de cooperação ?Saber Mais?. Inês Monteiro foge ao desemprego em Portugal e descobre pela primeira vez África. Outros vivem numa contínua ?cruzada?, como o professor de química Pedro dos Santos. Há ainda os que procuram a aventura e desafio, ou a simples experiência do ?outro? , de outra cultura, como o professor e escritor Miguel Gullander. Na verdade, procuram todos ir mais além no âmbito desta iniciativa conjunta entre Portugal e Angola em que a língua não é um fim em si mas um meio de cooperação.
Para o comum dos portugueses, ?a língua é a continuação do império por outros meios? – refere o ensaísta Miguel Tamen no documentário. Essa, diz é uma visão que tem de mudar pois fora de Portugal a realidade é outra coisa.
O documentário, inteiramente produzido pela RTP foi rodado nos últimos seis meses. A autoria e a realização é de Anabela Saint-Maurice e a produção de Ana Lucas.
Neste projeto a RTP contou com o apoio da Fundação Macau, da televisão de Macau (TDM) e da Televisão Pública de Angola (TPA), entre outros.
Uma viagem sobre a importância estratégica da língua portuguesa em algumas partes do mundo…

O Museu da Língua Portuguesa convida-te para uma viagem pela nossa língua, que começa no ano 4000 a. C. e vai até ao século XVI. Clica na imagem para começares.

viagem

Já estão definidas as datas dos exames nacionais do 9.º ano: assim, o exame de Língua Portuguesa decorrerá a 20 de Junho e o de Matemática a 22 do mesmo mês. A segunda chamada será a 27 de Junho, no caso da Língua Portuguesa, e 30 de Junho para a Matemática.

E por falar em exames: já reparaste que na Biblioteca preparámos uma nova estante só com materiais para te ajudarem a preparar o exame?

Já está definido o calendário das provas de aferição deste anos electivos, que se realizarão nos seguintes dias:

Língua Portuguesa –  5 de Maio, quarta-feira,10h00

Matemática – 7 de Maio, sexta-feira, 10h00.

As Provas de Aferição de Língua Portuguesa e de Matemática dos 1.º e 2.º Ciclos do Ensino Básico visam avaliar o modo como os objectivos e as competências essenciais de cada ciclo estão a ser alcançados pelo sistema de ensino. A informação que os resultados destas provas fornecem mostra-se relevante para todos os intervenientes no sistema educativo, alunos, pais, encarregados de educação, professores, administração.

Podes ver aqui alguns exemplos das provas dos anos anteriores:


1.º  ciclo

Língua Portuguesa

Provas 200920082007200620052004200320022001

Matemática

Provas 200920082007200620052004200320022001


2.º  ciclo

Língua Portuguesa

Provas 200920082007200620052004200320022001

Matemática

Provas 200920082007200620052004200320022001


Foram disponibilizadas no sítio da Ciência Viva propostas de actividades sobre ecossistemas marinhos criados a partir do conto A Menina do Mar de Sophia de Mello Breyner Andresen que visam estimular o gosto pela observação, pela experimentação, desenvolver as capacidades criativas e de comunicação das crianças e criar o gosto pela leitura.

Vê o Sítio do projecto

A Menina do Mar é a história de amizade entre um rapaz e uma Menina. Ela vive no mar, e é bailarina da “Grande Raia”, uma rainha dos mares, que sobre ela mantém vigilância, não a deixando realizar o seu sonho de conhecer a terra firme, onde mora o rapaz. Além disso, a menina não consegue sobreviver longe da água, pois, fica desidratada, ainda que consiga respirar dentro e fora de água. O rapaz, com que estabelece amizade, tem o desejo de conhecer o fundo do mar. A história desenrola-se com a tentativa dos dois em realizar os seus sonhos.

Recursos sobre a obra e a autora:

Depois de uma deliberação prolongada, já foram encontrados os vencedores do Peddy-Paper. Parabéns ao 5.º 6.ª!!

Aos poucos, as ferramentas web 2.0 começam a «invadir» a sala de aula, potenciando novas formas de interacção professor/aluno e aluno/aluno, alargando no tempo e no espaço as oportunidades para aprender, estimulando uma postura colaborativa na construção do conhecimento e demonstrando como a tecnologia pode ser um poderoso instrumento de aprendizagem. O caso mais recente na nossa escola é o Espaço 7, um blogue de Língua Portuguesa do 7.º ano, do professor Luís Sérgio. A merecer uma visita atenta.

História criada colectivamente pelo: Bernardo, Crislandra, Kelson, Rita, Victor, e Zenaida, nas aulas de Apoio Pedagógico Acrescido de Língua Portuguesa do 5.ºano, turma 12.ª, com o Professor David Luna de Carvalho no ano lectivo 2007-2008.

logo_be_15-16

Estatística

  • 1,839,521 visitas

Videoteca - DVD para empréstimo na Biblioteca

dvdcolec
melhornet
Bookmark and Share diigo it

Ler ebooks

Arquivos

Maio 2017
S T Q Q S S D
« Abr    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031  

Comentários Recentes

SUAN em Provérbios de Maio
khanny merlina em Quantas vezes já pensaste…
joão marcelo nascime… em “Leilão de jardim”…
fhidafhui em Provérbios sobre o São Ma…
Sandy Matos em Provérbios de Setembro
feiradolivro
%d bloggers like this: