You are currently browsing the tag archive for the ‘Charles Darwin’ tag.

bannerciclodarwin2

Novos conceitos e poderosas ideias acompanharam o estabelecimento das sociedades modernas que hoje povoam a Europa, tais como o heliocentrismo (que Copérnico foi beber à Itália renascentista) implicando que o nosso planeta tenha uma origem comum – a poeira cósmica; o movimento uniforme como estado de equilíbrio no universo e não o do repouso (o princípio da relatividade de Galileu); a gravidade como explicação dos fenómenos nos céus e na Terra (a atracção universal de Newton); a origem comum das espécies vivas neste planeta (a teoria da evolução de Darwin); e a equivalência entre massa e energia que permitiu a Einstein unificar as causas e a dinâmica dos corpos em movimento.

Entre estes, aquele que provocou mais acesos e emocionados debates foi sem dúvida o da evolução dos seres vivos por selecção natural na luta pela sobrevivência. Perceberam as elites dirigentes, bem como os donos dos princípios éticos e morais da época, que a teoria de Charles Darwin vinha relegar para o infinito o último elo com o Além que ainda restava na natureza: o da origem divina dos seres humanos. Os conceitos de evolução, de transformação e de adaptação, mostram como a mudança é omnipresente em tudo o que se relaciona com a nossa realidade – nas suas três vertentes: a exterior, a social e a interior.

A investigação científica em biologia mostra igualmente como a evolução e a selecção dos seres vivos está a acontecer todos os dias, em todos os instantes. É, assim, fundamental que encaremos o mundo segundo uma perspectiva que acolha os ensinamentos da ciência. Só é possível mudar o mundo se mudarmos o modo como o olhamos – e tornarmos consequente essa mudança. É isso que fazem todos os povos que apostam no seu futuro.
São estas as temáticas do ciclo de conferências que agora disponibilizamos na Biblioteca e que se realizaram na Fundação Calouste Gulbenkian entre Fevereiro e Maio de 2009, no âmbito da comemoração dos 200 anos do nascimento de Charles Darwin e da grande exposição Exposição A EVOLUÇÃO DE DARWIN. Um total de quatro DVD com as seguintes conferências:

  • Evolução e Biogeografia: porque há tantas espécies na Terra
  • Como nos tornámos humanos
  • Darwin: entre a Terra e o Céu
  • Evolução e Desenvolvimento: variações a dois tempos e muitas cores
Anúncios

Para assinalar os 200 anos do nascimento de Charles Darwin a biblioteca vai organizar uma pequena exposição (a iniciar na próxima semana). Entretanto, aqui ficam alguns dos recursos que te disponibilizamos sobre o famoso cientista inglês:

Uma espécie de autobiografia de Darwin, onde ele explica as suas importantes descobertas.

Neste livro, Janet Browne, a principal biógrafa de Charles Darwin, mostra porque é que A Origem das Espécies pode ser considerado o maior livro de ciência alguma vez publicado. A autora descreve a génese das teorias de Darwin, explica a recepção inicial destas e analisa as razões por que permanecem actualmente tão controversas.

A revista Ler deste mês traz um especial sobre Darwin, intitulado «Viva Darwin»

Charles Darwin

Charles Darwin

Comemoram-se hoje os 200 anos do nascimento de Charles Darwin.
Charles Darwin (1809-1882) foi um naturalista inglês que desenvolveu uma das mais importantes teorias científicas de sempre. Numa época em que se pensava que cada espécie tinha sido criada independentemente e que as formas dos seres vivos eram imutáveis no tempo, Darwin defende que todos descendem de um antepassado comum e que são o resultado de milhões e milhões de anos de evolução. Na sua concepção, o Homem e o macaco são parecidos porque são «primos». Com a publicação do seu livro A Origem das Espécies, em 1859, Darwin coloca-se no centro de um debate que envolve numerosos cientistas de todo o mundo, bem como diversos sectores da sociedade inglesa. No final do século XIX, a evolução era um facto finalmente aceite.

O grande contributo científico de Darwin foi o de ter formulado uma teoria que explicava o mecanismo da evolução. Darwin sabia que não existem dois indivíduos iguais na natureza (variabilidade). Também sabia que os recursos num dado ambiente são limitados e que, por causa disso, de todos os indivíduos que nascem, só alguns podem sobreviver. Darwin conclui que os indivíduos que possuem características que lhes garantam melhores hipóteses de sobrevivência tendem a passar estas características à próxima geração. Assim, ao longo de gerações e gerações, estas características hereditárias tenderão a ser naturalmente seleccionadas, o que acabará por resultar na evolução da espécie (ou da população) por Selecção Natural. Apesar de hoje se discutir a importância relativa de outros mecanismos, a Selecção Natural continua a ser considerada o principal mecanismo de evolução.

No Verão de 1831, Darwin foi convidado como naturalista para fazer uma viagem à volta do mundo a bordo do navio Beagle. Darwin tinha 22 anos. A viagem, que durou cinco anos (1831-1836), foi em grande parte passada ao largo da costa da América do Sul. Durante estes anos, Darwin tomou nota de todas as coisas que observava e coleccionou animais, plantas e rochas. A bordo, preparava os espécimes enviando-os depois para Henslow. É também nestes anos que inicia uma troca de correspondência com diversos naturalistas do mundo inteiro. Mais tarde, Darwin recordaria a viagem a bordo do Beagle como o «acontecimento mais importante da minha vida» e aquele que «determinou toda a minha carreira».

Darwin chegou ao arquipélago das Galápagos em 1835. Nestas ilhas do Oceano Pacífico, banhadas pelas águas frias do Sul e pelas águas quentes do Oeste, a diversidade biológica era imensa. Pinguins e leões-marinhos viviam lado a lado com flamingos e peixes voadores, numa curiosa amálgama de formas tropicais e do Árctico. Era como se todo o arquipélago fosse «um pequeno mundo em si mesmo». Os infindáveis apontamentos que Darwin tirou sobre a geologia destas ilhas vulcânicas e sobre as adaptações das espécies aos diferentes ambientes de cada ilha seriam cruciais para mais tarde formular a sua teoria da evolução. Nas Galápagos, Darwin sentia-se perto do «mistério dos mistérios» – a origem das espécies.

Não percas a apresentação sobre Darwin – clica aqui

Recursos sobre Darwin

Texto adapatado de Caderno de Apoio Concurso Darwin regressa às Galápagos

A origem das espécies de Charles Darwin

A origem das espécies de Charles Darwin

Hoje sugerimos-te um livro sobre Charles Darwin, cujo bicentenário do nascimento se comemora este mês, no dia 12.

Charles Darwin foi, sem dúvida, um dos mais importantes pensadores de todos os tempos. E um dos livros que mais alterou o entendimento que as pessoas têm de si próprias foi precisamente o seu A Origem das Espécies. Publicado em 1859, (comemora-se este ano, em NOvembro, os 150 anos da sua publicação) causou sensação mal foi editado e nunca deixou de gerar controvérsia e perplexidade. A ideia de que os seres vivos evoluem gradualmente através de selecção natural chocou profundamente os leitores vitorianos, pondo em causa aquela que era, para muitos, no quadro da visão e da vivência religiosa da época, a inabalável crença na existência de um Criador.

Neste livro, Janet Browne, a principal biógrafa de Charles Darwin, mostra porque é que A Origem das Espécies pode ser considerado o maior livro de ciência alguma vez publicado. A autora descreve a génese das teorias de Darwin, explica a recepção inicial destas e analisa as razões por que permanecem actualmente tão controversas.

O seu livro constitui um relato apaixonante e fundamentado da obra que alterou para sempre o nosso conhecimento do que é ser-se humano.

A Fundação Calouste Gulbenkian inaugura a 12 de Fevereiro, data do bicentenário do nascimento de Charles Darwin, a exposição «A Evolução de Darwin», que celebra também os 15o anos da publicação do livro A Origem das Espécies, obra fundadora da teoria da evolução. A exposição dará a conhecer a teoria da evolução de Darwin – uma das mais importantes conquistas da história da Ciência – bem como as suas ligações à biologia e à medicina contemporâneas. Paralelamente a esta iniciativa, decorrerão actividades organizadas para todas as idades, um programa educativo destinado a alunos do ensino básico e secundário e ainda a discussão diária de temas sobre a evolução no blogue http://a-evolucao-de-darwin.weblog.com.pt/

Recursos sobre Darwin

Este ano será indiscutivelmente o ano de Charles Darwin: comemora-se simultaneamente o bicentenário do nascimento do grande naturalista inglês (12 de Fevereiro), e também os 150 anos da publicação do livro A Origem das Espécies (24 de Novembro). Para quem pretende saber mais sobre o tema, aqui fica um conjunto de recursos. A não perder também a a exposição «A Evolução de Darwin», na Fundação Calouste Gulbenkian.

Não percas a apresentação sobre Darwin – clica aqui

Livros:

  • Jonathan Weiner, O Bico do Tentilhão, Editoral Caminho.
  • Charles Darwin, Autobiografia, Relógio D’Água Editores.
  • Jonathan Howard, Darwin, D. Quixote.
  • Vários autores, Evolução: História e Argumentos, Esfera do Caos Editores.
  • Janet Browne, A Origem das Espécies de Darwin, Gradiva Publicações.
  • Joaquim Carreira das Neves & Teresa Avelãs, Criação e Evolução + Darwin e Evolução, Bertrand (no prelo)
  • Teresa Avelar, Margarida Matos, Carla Rego, Quem Tem Medo de Charles Darwin? Relógio d’ Água
  • Pascual Comín del Río, Darwin – Una Evolución Extraordinaria, Pearson (Ed. espanhola)
  • Charles Darwin, Autobiografia, Relógio d’ Água
  • Charles Darwin, Sobre a Selecção Natural, Coisas de Ler
  • Luís Cugota, Chamo-me… Charles Darwin, Didáctica Editora
  • Patrick Tort, Darwin e a Ciência da Evolução, Diversos (Ed. brasileira)
  • Luca Novelli, Darwin e a Verdadeira História dos Dinossauros, Editora Gatafunho
  • José Jorge Letria, Henriqueta, a tartaruga de Darwin, Texto Editores (com ilustrações de Afonso Cruz)

Em Linha

Em língua portuguesa:

Em inglês

logo_be_15-16

Estatística

  • 2.079.604 visitas

Videoteca - DVD para empréstimo na Biblioteca

dvdcolec
melhornet
Bookmark and Share diigo it

Ler ebooks

Arquivos

Agosto 2019
S T Q Q S S D
« Dez    
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  

Comentários Recentes

SUAN em Provérbios de Maio
khanny merlina em Quantas vezes já pensaste…
joão marcelo nascime… em “Leilão de jardim”…
fhidafhui em Provérbios sobre o São Ma…
Sandy Matos em Provérbios de Setembro
feiradolivro
Anúncios
%d bloggers like this: