You are currently browsing the tag archive for the ‘Dia da Árvore’ tag.

Deixamos aqui o vídeo da magnífica interpretação da turma 5.º 1.ª, que, com o auxílio da professora Isabel Palha, musicou dois poemas colectivos da autoria da turma. Parabéns a todos!

Anúncios

Concluímos hoje a publicação dos vídeos produzidos no âmbito da iniciativa «…Diz lá um poema» de comemoração do Dia da Árvore/Dia da Poesia. Terminamos com Jorge Sousa Braga, dito por professores e alunos da escola.

Continuamos com a publicação dos vídeos produzidos no âmbito da iniciativa «…Diz lá um poema» de comemoração do Dia da Árvore/Dia da Poesia. Hoje com Rosalía de Castro e Ruy Belo, ditos por professores e alunos da escola.

Continuamos com a publicação dos vídeos produzidos no âmbito da iniciativa «…Diz lá um poema» de comemoração do Dia da Árvore/Dia da Poesia. Hoje com Miguel Torga, Jorge Sousa Braga e poemas originais do 6.º 5.ª, ditos por professores e alunos da escola.

A escola EB1/JI de Rio de Mouro n.º 1 comemorou o Dia da Árvore e o Dia da Poesia com diversas actividades, algumas das quais foram apresentadas à representantes da coordenação nacional do projecto aLer+, que visitaram a escola no dia 22. Uma dessas actividades foi uma exposição de árvores da poesia, de que deixamos aqui alguns exemplos, e que estiveram expostas na novíssima biblioteca da escola (ainda em fase de instalação, e que apenas será inaugurada no 3.º período):

Continuamos com a publicação dos vídeos produzidos no âmbito da iniciativa «…Diz lá um poema» de comemoração do Dia da Árvore/Dia da Poesia. Hoje com Eugénio de Andrade, Fernando Pessoa, Jorge Sousa Braga e poemas originais do 6.º 5.ª, ditos por professores e alunos da escola.

No dia 22, como previsto, procedeu-se à plantação do carvalho que se encontrava na Biblioteca desde o dia 11 de Fevereiro, oferecido pelo prof. Fernando Catarino. Foi o próprio professor, que, com a ajuda de uma turma CEF de Jardinagem, procedeu à plantação da árvore, no final da cerimónia comemorativa do Dia da Árvore e do Dia da Poesia.

Aqui ficam as fotos da plantação (clica para veres maior).

No âmbito da comemoração do Dia da Poesia e do Dia da Árvore, foi escrito numa das paredes do jardim da escola, um poema sobre Árvore. Trata-se de «Folhagens», de Jorge Sousa Braga, um dos poemas seleccionados para a actividade «… diz lá um poema». Aqui fica (clica para ver maior):


Alguns textos e poemas originais feitos pelos alunos dos Cursos EFA e duma Turma de UFCD (Unidade Formação Curta Duração) a partir duma proposta apresentada numa aula de Linguagem e Comunicação (entre os dias 8 e 12 de Março):

Dia Mundial da Floresta e da Árvore

Porquê?!!
Porque desapareceste e nem notícias me deste,
Apenas algumas tristes folhas deixaste,

Eras o meu porto de abrigo,
A minha confidente silenciosa,
Ouvias sempre as minhas alegrias e tristezas,
Foi contigo a zelar por mim que cresci,

Adormecias-me sempre ao teu colo!
Que triste fim tiveste…
Foste … e nem um adeus me deste!

As Laranjas são os teus frutos,

A beleza e o sabor incomparáveis,

Ramos altos e esbeltos,

A teu lado sonhava,

Não houve dia que não estivesse a teu lado.

Já cá não estás!

E com muita pena minha

Irás continuar sempre no meu pensamento,

Renascerás outra vez,

A beleza permanecerá e frutos terás!

Carla Lima, Turma EFA BC

Ó Pinheiro Manso

Ó pinheiro manso,
Ai que saudades tenho de quando era pequenina,
De dormir a sesta junto ao tronco, na tua sombra,
A ouvir os passarinhos a cantar, os teus frutos a cair,
E eu a guardá-los para o Natal!

Madalena Gonçalves, Turma EFA BC


Lúcia Lima

A Lúcia Lima é uma pequena árvore que vi crescer no meu quintal,
Tem folhas verdes, escuras e lindas flores azuis, em forma de espiga,
Lúcia Lima … além da beleza e do aroma que exala,
Também serve para fins medicinais,
O chá que fazemos das suas folhas serve para ajudar na digestão e acalma-nos!

Filomena M. Dias, Turma EFA BC

SOS Natureza – Rap de Joel capita .a.k.a. liricocientista

Faz tempo que já não oiço pássaros cantar, não é de admirar,
O mar já não tem aquela cor,
água doce? Os rios estão perdendo o seu sabor,
tudo artificial! Eu já não sei o cheiro de uma flor natural ou o cheiro da poeira,
a chuva que dá banho à terra está cheia de manias! Hoje em dia está tudo por um rio,
o que existe agora é o homem e a arma nuclear nuclear! bumm!!! Não estou a acreditar!
cortar aquela árvore só p´ra fazer lenha.
Ai que tristeza!
o homem está a perder o contacto com a natureza,
o feitiço da ciência até hoje nunca pega.
Se a terra falasse ia gritar: não! Cega!!
chega de lixo na esquina ou na rua, p´ra não falar do sol nem da lua.
Só vejo fumo, a natureza já não produz o mesmo sumo,
o homem sem querer está a podar o meio ambiente.
Temos de agir já, imediatamente!

parte 2

P´ra onde foram as abelhas, gafanhotos, borboletas voando nas plantas?
hoje só vejo moscas, mosquitos e baratas, zuim zuim zuim, a toda a hora.
Eu já não aguento mais esta poluição sonora,
o barulho daquela arma disparada para o ar.
o cheiro da gordura que me impede de respirar,
o mar agora só se alimenta de bombas nucleares!

Temos de dar assistência, cuidar das plantas que já vi, com paciência,
será que somos capazes, de respeitar o mar rural, até os animais?
expulsar a guerra da terra porque ela está a mais?
será que o que as árvores nos dão, não nos satisfaz?

Por isso aviso! Protege o meio ambiente como te proteges da Sida;
porque sem a natureza, não há vida!

Joel Brandão Capita, Turma EFA BG

O Cacaueiro

O Cacaueiro é a árvore mais importante da minha terra – São Tomé e Príncipe,
Gosto muito dela porque me faz sentir bem,
O seu fruto é uma delícia, chama-se cacau e é dele que nasce o chocolate, que apaixona todos nós, porque podemos fazer coisas maravilhosas com ele!
Sem o cacau … nunca saberíamos o sabor do chocolate,
É como uma voz doce, que nunca deixamos de ouvir!

Nascimenta Lima, Turma UFCD de LC

Continuamos com a publicação dos vídeos produzidos no âmbito da iniciativa «…Diz lá um poema» de comemoração do Dia da Árvore/Dia da Poesia.  Hoje com Fernando Pessoa, Sophia de Mello Breyner Andresen e poemas originais do 6.º 5.ª, ditos por professores e alunos da escola.

logo_be_15-16

Estatística

  • 1,921,048 visitas

Videoteca - DVD para empréstimo na Biblioteca

dvdcolec
melhornet
Bookmark and Share diigo it

Ler ebooks

Arquivos

Dezembro 2017
S T Q Q S S D
« Jun    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

Comentários Recentes

SUAN em Provérbios de Maio
khanny merlina em Quantas vezes já pensaste…
joão marcelo nascime… em “Leilão de jardim”…
fhidafhui em Provérbios sobre o São Ma…
Sandy Matos em Provérbios de Setembro
feiradolivro
%d bloggers like this: