You are currently browsing the tag archive for the ‘Dia da Poesia’ tag.

Na semana em que se comemora o Dia Mundia da Poesia, sugerimost-te como Livro da Seman uma escelente coletânea de poesia de José Fanha, porta português que já por diversas vezes visitou a nossa biblioteca.

 

Anúncios

A poesia invadiu o pátio da escola, com um entendal de poemas da autoria dos nossos alunos. Aqui ficam as fotos e, mais abaixo, alguns dos poemas expostos:

Este slideshow necessita de JavaScript.

Chega depressa, ó primavera!

Chega depressa, ó minha primavera!
Nós estamos todos à tua espera
Dás cor à nossa vida e vida às cores
Folhas novas substituem as velhas

As folhinhas verdes e as flores
dão o mel às abelhas

És a alegria dos lavradores
E dos passarinhos que fazem o ninho
Todos se preparam para a tua chegada

Chega depressa, ó primavera!
Estamos todos à tua espera!
Ana Sofia Pedro, 5º4ª

Adeus, chuva!
Adeus, frio!
Adeus, inverno!
A primavera está à vista!

Adeus, árvores nuas!
Adeus, folhas mortas no chão!
Adeus, inverno!
Olá, primavera!

Olá, linda natureza!
Olá, belas andorinhas!
Adeus, inverno!
A primavera está à vista!

Olá, flores gloriosas!
Olá, sol brilhante!
Adeus, inverno!
Olá, primavera!

Carlos Costa, 5º4ª

A alegria

É azul como o céu
Sabe a chocolate de leite
Cheira a pipocas doces
É quente como o pôr-do-sol

Tem o som de passarinhos a chilrear
O movimento das nuvens
É leve como o ar
Faz-me sentir na lua

Marília Silva, 5º4ª

A Poesia lembra-me…

A poesia lembra-me o amor
O amor lembra-me os amigos
Os amigos lembram-me a família
A família lembra-me a amizade
A amizade lembra-me a felicidade
A felicidade lembra-me a poesia

Rafael Semedo, 5º4ª

A dança do A

Um dia a Ana, o André, a Anabela
o Alexandre, a Anita e o António
repararam que os seus nomes
começavam todos por A.
Disseram ao mesmo tempo:
̶ Que admirável!

A Alícia, o Ausónio, o Arnaldo
e o Armindo, lá na aldeia
repararam que os seus nomes
também começavam por A.
E disseram todos assim:
̶ Que admirável!

Veio logo a Antonieta de longe
A gritar: “Esperem,
Esperem por mim!

Isabelle Souza, 5º6ª

Aqui ficam alguns belíssimos haikus produzidos por alunos do 5.º ano da nossa escola.

O haiku é uma forma de poesia breve, bela e simples originária do Japão. Tem três versos curtos, sem rima, que apresentam, respetivamente, 5, 7 e 5 sílabas métricas. O haiku expressa sempre uma perceção da natureza captada pelos sentidos.

Deixamos aqui o vídeo da magnífica interpretação da turma 5.º 1.ª, que, com o auxílio da professora Isabel Palha, musicou dois poemas colectivos da autoria da turma. Parabéns a todos!

Concluímos hoje a publicação dos vídeos produzidos no âmbito da iniciativa «…Diz lá um poema» de comemoração do Dia da Árvore/Dia da Poesia. Terminamos com Jorge Sousa Braga, dito por professores e alunos da escola.

Continuamos com a publicação dos vídeos produzidos no âmbito da iniciativa «…Diz lá um poema» de comemoração do Dia da Árvore/Dia da Poesia. Hoje com Rosalía de Castro e Ruy Belo, ditos por professores e alunos da escola.

Continuamos com a publicação dos vídeos produzidos no âmbito da iniciativa «…Diz lá um poema» de comemoração do Dia da Árvore/Dia da Poesia. Hoje com Miguel Torga, Jorge Sousa Braga e poemas originais do 6.º 5.ª, ditos por professores e alunos da escola.

A escola EB1/JI de Rio de Mouro n.º 1 comemorou o Dia da Árvore e o Dia da Poesia com diversas actividades, algumas das quais foram apresentadas à representantes da coordenação nacional do projecto aLer+, que visitaram a escola no dia 22. Uma dessas actividades foi uma exposição de árvores da poesia, de que deixamos aqui alguns exemplos, e que estiveram expostas na novíssima biblioteca da escola (ainda em fase de instalação, e que apenas será inaugurada no 3.º período):

Continuamos com a publicação dos vídeos produzidos no âmbito da iniciativa «…Diz lá um poema» de comemoração do Dia da Árvore/Dia da Poesia. Hoje com Eugénio de Andrade, Fernando Pessoa, Jorge Sousa Braga e poemas originais do 6.º 5.ª, ditos por professores e alunos da escola.

Os alunos do JI da educadora Manuela, da Escola EB/JI de Rio de Mouro n.º 1,  comemoraram o dia da poesia a partir do poema «As Fadas» de Antero de Quental.

Aqui ficam algumas fotos dos trabalhos produzidos:

Para saberes mais sobre esta actividades, clica aqui:

logo_be_15-16

Estatística

  • 1,913,874 visitas

Videoteca - DVD para empréstimo na Biblioteca

dvdcolec
melhornet
Bookmark and Share diigo it

Ler ebooks

Arquivos

Novembro 2017
S T Q Q S S D
« Jun    
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930  

Comentários Recentes

SUAN em Provérbios de Maio
khanny merlina em Quantas vezes já pensaste…
joão marcelo nascime… em “Leilão de jardim”…
fhidafhui em Provérbios sobre o São Ma…
Sandy Matos em Provérbios de Setembro
feiradolivro
%d bloggers like this: