You are currently browsing the tag archive for the ‘Dia da Poesia’ tag.

Na semana em que se comemora o Dia Mundia da Poesia, sugerimost-te como Livro da Seman uma escelente coletânea de poesia de José Fanha, porta português que já por diversas vezes visitou a nossa biblioteca.

 

A poesia invadiu o pátio da escola, com um entendal de poemas da autoria dos nossos alunos. Aqui ficam as fotos e, mais abaixo, alguns dos poemas expostos:

Este slideshow necessita de JavaScript.

Chega depressa, ó primavera!

Chega depressa, ó minha primavera!
Nós estamos todos à tua espera
Dás cor à nossa vida e vida às cores
Folhas novas substituem as velhas

As folhinhas verdes e as flores
dão o mel às abelhas

És a alegria dos lavradores
E dos passarinhos que fazem o ninho
Todos se preparam para a tua chegada

Chega depressa, ó primavera!
Estamos todos à tua espera!
Ana Sofia Pedro, 5º4ª

Adeus, chuva!
Adeus, frio!
Adeus, inverno!
A primavera está à vista!

Adeus, árvores nuas!
Adeus, folhas mortas no chão!
Adeus, inverno!
Olá, primavera!

Olá, linda natureza!
Olá, belas andorinhas!
Adeus, inverno!
A primavera está à vista!

Olá, flores gloriosas!
Olá, sol brilhante!
Adeus, inverno!
Olá, primavera!

Carlos Costa, 5º4ª

A alegria

É azul como o céu
Sabe a chocolate de leite
Cheira a pipocas doces
É quente como o pôr-do-sol

Tem o som de passarinhos a chilrear
O movimento das nuvens
É leve como o ar
Faz-me sentir na lua

Marília Silva, 5º4ª

A Poesia lembra-me…

A poesia lembra-me o amor
O amor lembra-me os amigos
Os amigos lembram-me a família
A família lembra-me a amizade
A amizade lembra-me a felicidade
A felicidade lembra-me a poesia

Rafael Semedo, 5º4ª

A dança do A

Um dia a Ana, o André, a Anabela
o Alexandre, a Anita e o António
repararam que os seus nomes
começavam todos por A.
Disseram ao mesmo tempo:
̶ Que admirável!

A Alícia, o Ausónio, o Arnaldo
e o Armindo, lá na aldeia
repararam que os seus nomes
também começavam por A.
E disseram todos assim:
̶ Que admirável!

Veio logo a Antonieta de longe
A gritar: “Esperem,
Esperem por mim!

Isabelle Souza, 5º6ª

Aqui ficam alguns belíssimos haikus produzidos por alunos do 5.º ano da nossa escola.

O haiku é uma forma de poesia breve, bela e simples originária do Japão. Tem três versos curtos, sem rima, que apresentam, respetivamente, 5, 7 e 5 sílabas métricas. O haiku expressa sempre uma perceção da natureza captada pelos sentidos.

Deixamos aqui o vídeo da magnífica interpretação da turma 5.º 1.ª, que, com o auxílio da professora Isabel Palha, musicou dois poemas colectivos da autoria da turma. Parabéns a todos!

Concluímos hoje a publicação dos vídeos produzidos no âmbito da iniciativa «…Diz lá um poema» de comemoração do Dia da Árvore/Dia da Poesia. Terminamos com Jorge Sousa Braga, dito por professores e alunos da escola.

Continuamos com a publicação dos vídeos produzidos no âmbito da iniciativa «…Diz lá um poema» de comemoração do Dia da Árvore/Dia da Poesia. Hoje com Rosalía de Castro e Ruy Belo, ditos por professores e alunos da escola.

Continuamos com a publicação dos vídeos produzidos no âmbito da iniciativa «…Diz lá um poema» de comemoração do Dia da Árvore/Dia da Poesia. Hoje com Miguel Torga, Jorge Sousa Braga e poemas originais do 6.º 5.ª, ditos por professores e alunos da escola.

A escola EB1/JI de Rio de Mouro n.º 1 comemorou o Dia da Árvore e o Dia da Poesia com diversas actividades, algumas das quais foram apresentadas à representantes da coordenação nacional do projecto aLer+, que visitaram a escola no dia 22. Uma dessas actividades foi uma exposição de árvores da poesia, de que deixamos aqui alguns exemplos, e que estiveram expostas na novíssima biblioteca da escola (ainda em fase de instalação, e que apenas será inaugurada no 3.º período):

Continuamos com a publicação dos vídeos produzidos no âmbito da iniciativa «…Diz lá um poema» de comemoração do Dia da Árvore/Dia da Poesia. Hoje com Eugénio de Andrade, Fernando Pessoa, Jorge Sousa Braga e poemas originais do 6.º 5.ª, ditos por professores e alunos da escola.

Os alunos do JI da educadora Manuela, da Escola EB/JI de Rio de Mouro n.º 1,  comemoraram o dia da poesia a partir do poema «As Fadas» de Antero de Quental.

Aqui ficam algumas fotos dos trabalhos produzidos:

Para saberes mais sobre esta actividades, clica aqui:

logo_be_15-16

Estatística

  • 1,813,045 visitas

Videoteca - DVD para empréstimo na Biblioteca

dvdcolec
melhornet
Bookmark and Share diigo it

Ler ebooks

Arquivos

Março 2017
M T W T F S S
« Fev    
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031  
feiradolivro
%d bloggers like this: