You are currently browsing the tag archive for the ‘Dia de S. Valentim’ tag.

A amizade é um sol que brilha e ilumina o mundo. É um lindo vaso de flores que enfeita a nossa casa.

Quando um amigo bate à minha porta, mando-o entrar para brincarmos juntos.

Alexandre Almeida

Ter um amigo significa que não estamos sós.

Ana Sofia Pedro

Quando um amigo bater à tua porta, acredita nele!

Anderson Vicente

A amizade é uma corda que não queremos que se parta.

Beatriz Jos

A amizade é uma flor colorida junto a outra.

É como uma fonte de água.

Bruno Gonçalves

A amizade deve ser como um rio límpido e pacífico.

Flaid Ribeiro 

Quando encontrares um amigo, dá-lhe a tua mão.

Gonçalo Assucena

Quando encontrar um amigo partilharei com ele os meus medos.

O caminho da amizade é mágico.

Quando estou com uma amiga parece que o tempo para.

Jéssica Marques

Ter um amigo significa ter uma flor sempre a florescer.

Quem tem amigos tem estrelas no coração.

Ser amigo é ter alguém no meu mundo.

Joana Cabaceira

Onde há amizade há carinho e alegria.

João Oliveira

A amizade é o melhor presente da nossa vida.

Quando um amigo bater à tua porta,

basta sorrir-lhe.

Lara Santos

O caminho da amizade é aquele que nos permite sair da solidão.

Onde há amizade há segredos e um bom sol brilhante.

Mariana Nunes

A amizade é como uma flor.

Marília Silva

Ter um amigo é como encontrar um irmão.

Rodrigo Alegria

Ter um amigo significa não estar sozinho.

A aventura da amizade é uma viagem fora do normal.

Rúben Verdugo

Quem tem amigos tem tudo.

Rúben Pinto

Encontrar um amigo é como descobrir um tesouro.

Rúben Lopes

A amizade é como uma carta que nunca se fecha.

Sara Flores

A amizade é como uma praia linda

ao fim da tarde.

Tomás Fraga

A amizade é como uma flor sempre a florescer.

A amizade é como um tesouro raro

que tem de ser bem guardado.

Vânia Barbosa

Trabalho elaborado na aula de Estudo Acompanhado pelos alunos do 5º4ª

photo credit: ►Voj► via photopin cc;

Anúncios

O amor é uma cereja em cima do bolo.
É a espuma de um cappuchino.
Alexandre Almeida

O amor é como um gelado doce.
Ana Sofia Pedro

Sentir amor é nascer novamente.
Anderson Vicente

A aventura do amor é sempre inesquecível.
Beatriz José

Quando o amor bater à tua porta,
abre-a e abraça-o.
Bruno Gonçalves

Amar é como voar pelos céus.
O amor é uma caixinha de surpresas.
Carlos Veiga

Amar é como receber um grande abraço do sol.
Quem ama apaga a sombra da solidão.
A aventura do amor é como um campo repleto de doces.
Carlos Costa

Amar é como estar sobre as nuvens.
Quando encontrares o amor, recebe-o de braços abertos.
Diogo Pereira

Amar significa ter alguém com quem partilhamos os nossos sentimentos mais profundos.
Flaid Ribeiro

O amor é como uma nuvem cor-de-rosa.
Amar alguém é viver um grande sonho.
Se amas, vai em frente.
Joana Gonçalves

O amor é como um labirinto de surpresas.
Onde há amor há satisfação garantida.
Quem ama tudo alcança.
Lara Santos

A aventura do amor é incrível e sensacional.
Leandro Avelino

Se amas alguém, fá-la feliz.
Margarida Assucena

Uma vida sem amor não é nada.
Quando encontrares o amor abraça-o com força.
Rafael Semedo

O amor é como um fruto bonito.
Rúben Verdugo

A aventura do amor pode ser muito romântica.
Rúben Pinto

Quem ama sente-se um campeão.
O amor vê tudo muito mais além.
O caminho do amor está enfeitado com flores.
Rúben Lopes

Onde há amor há compreensão.
O amor é como uma flor, quando arrancada volta a crescer outra vez.
Sara Flores

Amar é sentir uma grande ternura no coração.
Tomás Fraga

Amar significa ouvir o nosso coração.
O amor é como uma flor que tem de ser cuidada com carinho.
Onde há amor há a magia de nos fazer sonhar.
Quem ama consegue voar.
Vânia Barbosa

Frases elaboradas na aula
de Estudo Acompanhado pelos alunos
do 5º4ª

photo credit: Brandon Christopher Warren via photopin cc

Hoje é dia 14 de Fevereiro, Dia dos Namorados, e concluímos assim a publicação da reflexão sobre o amor, da autoria de alunos do 6.º ano.

Uma vida sem Amor é como…

Uma vida de dor. (Laura Pereira, 6º1ª)

Um poeta sem ideias. (Beatriz Marques, 6º1ª)

Uma escola sem estudantes, uma casa sem habitantes. (Tiago Martins, 6º1ª)

Uma folha em branco, um livro sem palavras. (André Pires, 6º1ª)

Estar preso numa ilha deserta. (Raul Carvalho, 6º1ª)

Um mar seco. (Rafael Rodrigues, 6º1ª)

Um mundo sem cor. (Margarida Santos, 6º1ª)

Estarmos cegos, mudos, a sofrer em silêncio. (Telma Pessoa, 6º1ª)

Uma vida sem sentido. (Tiago Truta, 6º3ª)

Perder uma parte de si. (Milton Veiga, 6º3ª)

Uma vida perdida. (Bruno Vicente, 6º3ª)

Triste, vazia e sem graça. (Helena Ferreira, 6º3ª)

Uma desilusão. (Arménia Nicolau, 6º3ª)

Uma vida a preto e branco. (Romana Cassamá, 6º3ª)

Escura, sem luz e sem calor. (João Ferreira, 6º3ª)

Um inferno. (Jorge Monteiro, 6º3ª)

Um doce sem açúcar. (Maria Silva, 6º7ª)

Até dia 14 de Fevereiro, publicaremos todos os dias uma reflexão sobre o amor, da autoria de alunos do 6.º ano. Esta é a oitava:

Quando o Amor bater à tua porta…

Deixa-o levar-te. (Joana Sousa, 6º1ª)

Não o rejeites. (Rita Lúcio, 6º1ª)

Deixa-o entrar. (Inês Silva, 6º1ª)

Abre-a com emoção. (Hugo Batista, 6º1ª)

Acolhe-o com alegria. (André Pires, 6º1ª)

Não o deixes fugir. (Pedro Silva, 6º1ª)

Sentir-te-ás no céu. (Rafael Rodrigues, 6º1ª)

Não penses duas vezes e vai-te a ele. (Décia Daio, 6º1ª)

Recebe-o com carinho. (Catarina Kanguia, 6º1ª)

Agarra-o e enche-o de miminhos. (João Matos, 6º1ª)

Aceita-o com bom gosto! (Pedro Afonso, 6º1ª)

Abraça-o e diz-lhe o que sentes. (Bruna Branco, 6º1ª)

Dá-lhe uma oportunidade. (Laura Pereira, 6º1ª)

Não lhe digas para ir embora. (Margarida Santos, 6º1ª)

Corre atrás dele. (Romana Cassamá, 6º3ª)

Não vires as costas. (Milton Veiga, 6º3ª)

O teu coração baterá com força. (Hélder Pires, 6º7)

Dá-lhe as chaves para entrar. (Pedro Lopes, 6º3ª)

Não lhe digas que não. (Bernardo Fernandes, 6º7ª)

Ficarás enfeitiçado. (Júnior Embaló, 6º7ª)

Não a tranques! (David Matias, 6º7ª)

Até dia 14 de Fevereiro, publicaremos todos os dias uma reflexão sobre o amor, da autoria de alunos do 6.º ano. Esta é a sexta:

O caminho do Amor é…
Sempre em frente até chegar ao fim. (Telma Pessoa, 6º1ª)
Uma travessia perigosa, mas boa. (Armando Carvalho, 6º1ª)
O caminho que me leva a ti. (Catarina Sardo, 6º1ª)
Uma estrada que nunca acaba. (Décia Daio, 6º1ª)
Difícil de seguir, mas vale a pena percorrê-lo. (Inês Silva, 6º1ª)
Uma viagem que nos leva ao infinito. (Tiago Martins, 6º1ª)
O mesmo que te conduz às estrelas. (Tiago Truta, 6º3ª)
Composto pelas melhores paisagens. (Pedro Gonçalves, 6º3ª)
Difícil, mas quando o amor é verdadeiro ultrapassa tudo. (Catarina Gomes, 6º1ª)
Feito de flores bonitas e perfumadas. (Júnior Embaló, 6º7ª)
Complicado, mas bem bom! (Daniela Simões, 6º7ª)
Alegre, doce e luminoso. (Mali Baldé, 6º7ª)
Aquele cujo prémio é o coração. (Ana Filipa Costa, 6º7ª)

Reflexões sobre o Amor

Até dia 14 de Fevereiro, publicaremos todos os dias uma reflexão sobre o amor, da autoria de alunos do 6.º ano. Esta é a quinta:

Quando encontrares o Amor…

Diz-lhe o que sentes. (Laura Pereira, 6º1ª)
Vais sentir-te confuso… (Pedro Afonso, 6º1ª)
Sentir-te-ás muito feliz. (Raul Carvalho, 6º1ª)
Irás ver-te no céu! (Rafael Rodrigues, 6º1ª)
Surpreende-o! (João Matos, 6º1ª)
Luta por ele! (Pedro Lopes, 6º1ª)
Não te escondas. (Joana Sousa, 6º1ª)
Não o percas, agarra-o com unhas e dentes. (Catarina Sardo, 6º1ª)
Não mudes a tua personalidade. (Diogo Morais, 6º1ª)
Agarra-o pela mão e viaja pelo mundo fora. (Bruna Branco, 6º1ª)
Terás a sensação de estares numa montanha russa. (Décia Daio, 6º1ª)
Estarás perante a tua alma gémea. (Inês Silva, 6º1ª)
Não hesites, ouve o teu coração. (Romana Cassamá, 6º3ª)
Não quererás encontrar mais nada. (Jorge Monteiro, 6º3ª)
Terás encontrado o caminho para a felicidade. (Daniela Simões, 6º7ª)
Dá-lhe a tua vida, dá-lhe um beijo. (Micaela Mané, 6º3ª)
Terás uma sensação boa. (Bruno Vicente, 6º3ª)
Dá-lhe a tua mão e segue-o. (Catarina Gomes, 6º3ª)
Cuida bem dele, protege-o. (Mali Baldé, 6º7ª)
Abraça-o com força. (Ana Filipa Costa, 6º7ª)

Até dia 14 de Fevereiro, publicaremos todos os dias uma reflexão sobre o amor, da autoria de alunos do 6.º ano. Esta é a quarta:

O Amor vê…
Para além do corpo, ele vê a alma. (Margarida Santos, 6º1ª)
Ouve e sente tudo com o coração. (Telma Pessoa, 6º1ª)
Um olhar especial e brilhante diferente de muitos outros. (Ana Sofia Trindade, 6º1ª)
Apenas coisas maravilhosas e perfeitas. (Laura Pereira, 6º1ª)
Beleza e mais beleza, nada mais! (Catarina Sardo, 6º1ª)
Um deserto onde só estamos tu e eu! (Bruna Branco, 6º1ª)
O que mais ninguém vê. (Pedro Silva, 6º1ª)
Maravilhas inesquecíveis. (Joana Folgado, 6º1ª)
Alegria onde há tristeza. (André Pires, 6º1ª)
De olhos fechados. (Pedro Afonso, 6º1ª)
O que está dentro de ti e não o que está por fora. (João Matos, 6º1ª)
As melhores coisas do mundo. (Diogo Morais, 6º1ª)
Corações a voar num céu azul suave. (Tiago Martins, 6º1ª)
A alegria a chegar todos os dias. (Raul Carvalho, 6º1ª)
Algo de muito especial que mais ninguém vê. (Rita Lúcio, 6º1ª)
Sorrisos doces que não existem em mais lado nenhum. (Décia Daio, 6º1ª)
Para além de todas as barreiras e fronteiras. (Catarina Kanguia, 6º1ª)
Flores onde elas não existem. (Hugo Batista, 6º1ª)
Um mar de ilusões. (Joana Sousa, 6º1ª)
Belas paisagens naquela que ama. (Milton Veiga, 6º3ª)
O Sol de outra maneira. (Romário Nicolau, 6º3ª)
Coisas alegres, belas e coloridas. (Rodrigo Amorim, 6º3ª)
O inesperado! (Jorge Monteiro, 6º3ª)
Todos os nossos sentimentos e testa-nos. (Daniela Simões, 6º7ª)
Mais longe do que os outros sentimentos. (Hélder Pires, 6º7ª)
Tudo o que está no coração. (Jorge Costa, 6º7ª)
Aquilo que os outros não conseguem distinguir. (Ricardo Mateus, 6º7ª)
Uma vida junta com outra. (Bernardo Fernandes, 6º7ª)

Até dia 14 de Fevereiro, publicaremos todos os dias uma reflexão sobre o amor, da autoria de alunos do 6.º ano. Esta é a terceira:

Onde há Amor há…


Felicidade. (Raul Carvalho, 6º1ª)

Alegria e paixão. (Joana Sousa, 6º1ª)

Beleza. (Hugo Batista, 6º1ª)

Paixão incontrolável. (Joana Folgado, 6º1ª)

Alegria de viver. (Margarida Santos, 6º1ª)

Fantasia. (Rafael Rodrigues, 6º1ª)

Um jardim cheio de flores macias. (Sandra Soares, 6º1ª)

Sentimentos. (Pedro Gonçalves, 6º3ª)

Paz. (Catarina Gomes, 6º3ª)

Imaginação. (Micaela Mané, 6º3ª)

Harmonia. (Diogo Filipe, 6º3ª)

Carinho e flores. (Tiago Truta, 6º3ª)

Uma nova vida. (Hélder Pires, 6º1ª)

Alegria e algumas tristezas. (Daniela Simões, 6º7ª)

Muita felicidade ou não. (Ana Paula França, 6º7ª)

Emoção. (João Santos, 6º7ª)

Até dia 14 de Fevereiro, publicaremos todos os dias uma reflexão sobre o amor, da autoria de alunos do 6.º ano. Esta é a segunda:

O Amor é como…

Um jardim que tem um pouco de tudo. (Margarida Santos, 6º1ª)

Um livro onde há capítulos bons e capítulos maus… (Beatriz Marques, 6º1ª)

Um arco-íris sem fim. (João Matos, 6º1ª)

Beber um chá quente e delicioso. (André Pires, 6º1ª)

Uma bela cascata com um arco-íris a atravessá-la. (Catarina Sardo, 6º1ª)

Um fogo escaldante… (Romário Nicolau, 6º3ª)

Um doce que se saboreia com prazer até ao fim. (Arménia Nicolau, 6º3ª)

A luz do sol: aquece-nos e dá-nos alegria. (João Ferreira, 6º3ª)

Uma flor vermelha, cor da paixão. (Hélder Pires, 6º7ª)

Um sol muito quente… (David Matias, 6º7ª)

Uma maçã doce que se morde com satisfação. (Aneide Quaresma, 6º7ª)

O nascer do sol. (Mali Baldé, 6º7ª)

Uma sobremesa doce coberta com canela. (Maria Silva, 6º7ª)

Ter um morango doce na boca. (Nuno Indami, 6º7ª)

Faltam duas semanas para o Dia de São Valentim! De hoje até dia 14 de Fevereiro, publicaremos todos os dias uma reflexão sobre o amor, da autoria de alunos do 6.º ano

Aqui fica a primeira.

Amar é…

Saborear um prato delicioso que nos satisfaz plenamente. (Armando Carvalho, 6º1ª)

Encontrar alguém especial que nos entenda. (Telma Pessoa, 6º1ª)

Não conseguir esquecer-te! (Catarina Sardo, 6º 1ª)

Encontrar um caminho. (Pedro Silva, 6º1ª)

Navegar num mar cheio de emoções. (João Matos, 6º1ª)

Um sonho onde tudo é bom. (Inês Silva, 6º1ª)

Ter a sensação de andar nas nuvens. (Romana Cassamá, 6º3ª)

Ter uma luz a iluminar o meu caminho. (Romário Nicolau, 6º3ª)

Sentir borboletas a esvoaçar na barriga. (Pedro Lopes, 6º3ª)

Sentir carinho, mimar, gostar incondicionalmente… (Helena Ferreira, 6º3ª)

Uma sensação simplesmente maravilhosa. (Catarina Gomes, 6º3ª)

Gostar muito de outra pessoa. (David Matias, 6º7ª)

Ter um céu azul todos os dias. (Hélder Pires, 6º7ª)

Uma voz irresistível que nos chama. (Ana Filipa Costa, 6º7ª)

logo_be_15-16

Estatística

  • 1,922,537 visitas

Videoteca - DVD para empréstimo na Biblioteca

dvdcolec
melhornet
Bookmark and Share diigo it

Ler ebooks

Arquivos

Dezembro 2017
S T Q Q S S D
« Jun    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

Comentários Recentes

SUAN em Provérbios de Maio
khanny merlina em Quantas vezes já pensaste…
joão marcelo nascime… em “Leilão de jardim”…
fhidafhui em Provérbios sobre o São Ma…
Sandy Matos em Provérbios de Setembro
feiradolivro
%d bloggers like this: