You are currently browsing the tag archive for the ‘Dunas’ tag.

GNR – Dunas

Letra:
Dunas, são como divãs
Biombos indiscreto de alcatrão sujos
Rasgados por catos e hortelãs
Deitados nas Dunas, alheios a tudo
Olhos penetrantes
Pensamentos lavados

Refrão

Bebemos dos lábios, refrescos, gelados
Selamos segredos
Saltamos rochedos
Em câmara lenta como na TV
Palavras a mais na idade dos porquês

Dunas como que são divas
Quem nos visse deitados de cabelos molhados bastante enrolados
Sacos camas salgados
Nas Dunas, roendo maçãs
A ver garrafas de óleo, boiando vazias nas ondas da manhã

logo_be_15-16

Estatística

  • 2.104.929 visitas

Videoteca - DVD para empréstimo na Biblioteca

dvdcolec
melhornet
Bookmark and Share diigo it

Ler ebooks

Arquivos

Novembro 2019
S T Q Q S S D
« Dez    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930  

Comentários Recentes

SUAN em Provérbios de Maio
khanny merlina em Quantas vezes já pensaste…
joão marcelo nascime… em “Leilão de jardim”…
fhidafhui em Provérbios sobre o São Ma…
Sandy Matos em Provérbios de Setembro
feiradolivro
%d bloggers like this: