You are currently browsing the tag archive for the ‘Internet’ tag.

Eis um exemplo de um acordo que podes negociar com os teus pais acerca da utilização da Internet. Para que te sintas seguro e reforçar a confiança dos teus pais.

Anúncios

Este é o título de um interessante artigo de Howard Gardner, especialista em psicologia cognitiva da Universidade de Harvard, reproduzido no suplemento Digital do jornal Público de 1 de Março. O autor começa por fazer um percurso pela história das tecnologias da informação para tentar provar que sempre houve detractores de defensores (sob a forma de « coros caóticos de críticas e elogios») de cada vez que surgiu uma nova técnica. A sua ideia é que qualquer que seja a evolução futura da Internet, a «literacia – ou um conjunto de literacias – irá persistir, mas assumindo formas e formatos que ainda não podemos prever. Acrescenta ainda não estar preocupado «nem por um nanossegundo que a leitura e a escrita possam desaparecer. Mesmo nos novos media digitais, é essencial saber ler e escrever fluentemente e, para quem quer captar atenções, escrever bem. Claro, o significado de “escrever bem” evolui». Afirma ainda que há dois aspectos do livro tradicional que podem estar em perigo. «O primeiro é a capacidade do autor de desenvolver uma argumentação complexa, que requer ao leitor estudar e reler, seguindo um percurso de raciocínio não-linear. […] O outro é a genialidade especial do livro em permitir aos leitores entrar num mundo privado durante horas ou até dias seguidos.» resultado da aparente compulsão dos jovens «para estar permanentemente em contacto uns com os outros», em que «os períodos de silêncio solitário ou de privacidade parecem tóxicos». Termina com uma desafio: para sermos capazes de compreender o que está a acontecer hoje com a literacia temos de «ter em mente as nossas necessidades e os nossos desejos, os meios de comunicação como eles eram e como são, e os meios de comunicação na sua transformação contínua.

html-file-32x32.pngOs blogues atraem muito mais as adolescentes, enquanto os rapazes estão mais interessados em publicar os seus vídeos na Internet, de acordo com uma pesquisa da Pew Internet & American Life Project.

Segundo o estudo, 35% das cibernautas norte-americanas têm blog e 54% publicam fotografias online, índices que, nos rapazes, são apenas de 20 e 40%, respectivamente. Enquanto isso, 19% dos utilizadores afirmam já ter publicado um vídeo em algum site de partilha, o que, entre as raparigas, aconteceu apenas com 10%.

Nos EUA, 64% dos utilizadores que têm entre 12 e 17 anos desenvolvem pelo menos um tipo de conteúdo na rede global, um aumento de 7% relativamente a 2004. Desse número, 28% são o recente subgrupo «multicanais», composto, principalmente, por raparigas mais velhas.

Os adolescentes «multicanais» são utilizadores intensos de várias plataformas de comunicação, como os telefones, telemóveis, mensagens de texto, redes sociais, programas de conversação e e-mail, mas há diferenças no que toca ao comportamento de rapazes e raparigas.

O correio electrónico, contudo, é bastante ignorado pelos adolescentes norte-americanos, uma vez que apenas 14% afirma mandar e-mails para os amigos todos os dias. De acordo com a investigação, aliás, o grupo «multicanal» é o mais interessado em actividades offline, ou seja, no convívio social «físico».

Entre toda a população adolescente dos EUA, 31% afirma ter algum tipo de actividade com os amigos, todos os dias depois da escola. Para os «multicanal», esse índice sobe aos 35%, enquanto 38% dos utilizadores das redes sociais garantem ter convívio offline todos os dias.

Fonte: Diário Digital

De acordo com um estudo realizado nos Estados Unidos, a Internet parece estar a desenvolver o gosto pelos livros e pelas bibliotecas. Dos 53% dos inquiridos que afirmaram ter visitado uma biblioteca em 2007, os utilizadores mais frequentes tinham entre 18 e 30 anos. Segundo a pesquisa, os cibernautas são duas vezes mais propensos a visitar bibliotecas.

Esta notícia vem confirmar aquilo que muitos de nós  já dizem há muitos anos (que a Internet permite desenvolver competências de leitura e gosto pela aprendizagem permanente) e desmente os que auguravam o fim das bibliotecas e o declínio dos livros e da leitura face à concorrência da Internet.

Notícia no Diário Digital.

logo_be_15-16

Estatística

  • 2.063.655 visitas

Videoteca - DVD para empréstimo na Biblioteca

dvdcolec
melhornet
Bookmark and Share diigo it

Ler ebooks

Arquivos

Abril 2019
S T Q Q S S D
« Dez    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930  

Comentários Recentes

SUAN em Provérbios de Maio
khanny merlina em Quantas vezes já pensaste…
joão marcelo nascime… em “Leilão de jardim”…
fhidafhui em Provérbios sobre o São Ma…
Sandy Matos em Provérbios de Setembro
feiradolivro
Anúncios
%d bloggers like this: