You are currently browsing the monthly archive for Abril 2010.

Mais de duas semanas antes de chegar às livrarias, podes adquirir na nossa Biblioteca o novo livro de Mafalda Moutinho, O Diamante da Ilha das Caraíbas, a um preço fantástico:

Ana, Maria e André viajam até Martinica, nas Caraíbas. À chegada a este local com paisagens exuberantes e praias fantásticas, conhecem Letty, filha de Pierre Dumont, um biólogo francês cujas pesquisas misteriosas são interrompidas por um trágico acidente. No velho diário de Dumont, os Primos descobrem indícios importantes que conduzem a um diamante com três mil e quinhentos quilates, escondido algures no seio da floresta tropical. Com a ajuda de um velho amigo que não esperavam encontrar, os jovens partem num grande catamarã em direcção às ilhas de S. Vicente e Granadinas e chegam a Petit Tabac, ao largo da qual encontram uma pista deixada por Jean-Baptiste Labat, um botânico explorador do século XVII. Cedo se apercebem do perigo que representa esta caça ao tesouro, tanto mais que não são os únicos no seu encalço. Mas a pista crucial na busca da incrível pedra preciosa, o maior diamante lapidado do mundo, encontra-se escondida num lugar que ninguém imagina e à vista de todos…


Realização:Jorge Blanco, Javier Abad
Vozes:John Cleese, Seann William Scott, Gary Oldman, Jessica Biel, Justin Long, Dwayne Johnson Argumento:Joe Stillman, Joe Stillman
Sinopse:
Quando a sua nave se despenha o capitão Charles ‘Chuck’ Baker não sabe onde está. Julga que chegou a um novo planeta desabitado e espeta a bandeira dos Estados Unidos, antes de se aperceber que, afinal, não está sozinho. À sua volta estão os perplexos habitantes verdinhos do Planeta 51! Em pânico, foge dos estranhos seres, igualmente assustados com a chegada deste “alien”. Refugiando-se no planetário, conhece LEM, e, após um desastroso primeiro encontro – o que acontece sempre que um “alien” vê outro “alien” – tornam-se amigos. LEM aceita ajudar Chuck a voltar para a sua nave antes que esta regresse à Terra sem o seu proprietário, mas, para isso, terão que despistar o paranóico exército do Planeta 51, determinado a capturar Chuck. LEM, os seus amigos Skiff, Neera, Eckle e Glar, um agitado mas fiel robot-explorador chamado Rover e ainda diversos soldados do Planeta 51 (cujo cérebro mais parece ter desertado para um outro planeta…), tudo farão para chegar a tempo à nave!

Trailer:

Inicia-se hoje na nossa Biblioteca a Feira do Livro «Mafalda Moutinho», com todas as obras da conhecida autora da colecção «Os Primos», e que visitará a nossa escola no próximo dia 4 de Maio, pelas 15 horas. Todos os livros com desconto para alunos, professores e funcionários, incluindo o recentíssimo O Diamante da Ilha das Caraíbas.

Para saberes mais sobre os livros, sobre a colecção e sobre a autora, consulta a página «Os Primos» em http://www.osprimos.com

A escritora Mafalda Moutinho vai visitar a nossa escola no próximo dia 4 de Maio, para uma conversa com alunos do 6.º ano. Mafalda Moutinho é uma escritora portuguesa actualmente a viver em Itália, autora da conhecida colecção «Os Primos», da qual já foram publicados 7 títulos: O Segredo do Mapa Egípcio, O Mistério das Catacumbas Romanas, O Enigma do Castelo Templário, O Caso do Último Dinossauro, O Segredo de Craven Street, O Tesouro do Veleiro Espanhol e O Oráculo do Velho Mandarim. Para breve, o lançamento de mais um título, O Diamante da Ilha das Caraíbas, que poderás adquirir na Biblioteca da escola na feira do livro que se inicia hoje.

Foto: http://www.osprimos.com

No âmbito da vinda à escola do escritor Gonçalo Cadilhe, no próximo dia 10 de maio, a Biblioteca Escolar promove um passatempo que te habilita a ganhar livros autografados do autor. Podem participar alunos, professores, funcionários e encarregados de educação. Só tens de escrever um texto, em prosa ou poesia, com um máximo de 300 palavras, subordinado ao tema «Viajar é». Podes enviar o teu texto como comentário a esta mensagem ou para o email netescola[arroba]netcabo.pt. Não te esqueças de indicar o teu nome e turma. (Os encarregados de educação devem indicar o nome e a turma do seu educando). Há prémios para os três primeiros classificados em cada uma das categorias, «alunos» e «adultos». Envia o teu texto até ao dia 9 de Maio!

Depois de durante alguns meses estar reservado para a Área de Projecto das turmas do 9.º ano, a Tournée, de Gonçalo Cadilhe, encontra-se agora disponível para leitura domiciliária, e é um excelente aperitivo para as férias grandes, que já não estão longe.

Tournée reúne um conjunto de crónicas divididas em “quatro pontos cardeais subjectivos”, como explica o autor e viajante:- O que abre o livro, Ocidente, recolhe as viagens que efectuou “pelos territórios descobertos por Colombo, as suas ‘Índias’, todo o pedaço de planeta que resultou da empresa colombiana”, a América Latina;
– O Sul, “tudo o que nos está a Sul, e que vem precisamente do chamado ‘sul do mundo’ quando se quer falar das suas regiões mais miseráveis”, África;
Oriente “é … oriente. Como dizia o título de um divertido filme paquistanês (…) ‘east is east’”;
Norte, que “aparece aqui como o contrário do sul: as regiões do mundo onde reinam a opulência, o supérfluo, um desmesurado bem-estar material jamais alcançado antes na História”.

Nascido para vaguear, o autor e viajante trata por tu as pessoas com quem se cruza e os objectos que traz na mochila, ao mesmo tempo que conduz o leitor pelos lugares mais deslumbrantes, pelos autocarros mais apinhados, pelas paisagens mais remotas, vivendo uma errância que o leva aos quatro cantos do mundo.

O escritor Gonçalo Cadilhe vai visitar a nossa escola no próximo dia 10 de Maio,  para uma conversa com duas turma do 9.º ano. Essas duas turmas, na sua Área de Projecto, trabalharam a obra Tournée, no âmbito do projecto aLer+.

«Gonçalo Cadilhe nasceu na Figueira da Foz em 1968, onde reside habitualmente. Precisou de uma licenciatura em Gestão de Empresas e de sete meses a picar o ponto para compreender que não tinha percebido nada da vida: tudo o que lhe interessava se encontrava na direcção oposta. Despediu-se do emprego, da família e do país e começou a viajar e a escrever. Iniciou a actividade de jornalista independente na Grande Reportagem, colaborando actualmente com o Expresso. Ao longo de uma deliciosa carreira que não o levou ainda a lado nenhum, para sua grande felicidade, excepto aos lugares mais remotos do planeta, continua a guiar a sua actividade literária pelo princípio sagrado de escrever para comer. » (in Wook.pt)

O Nome deste Livro É Segredo, de Pseudonymous Bosch
Edição: 2010
Páginas: 332
Editor: Editorial Presença
ISBN: 9789722342971
Colecção: Estrela do Mar

Sinopse:
Os heróis desta história secreta e perigosa são Cass e Max-Ernest, dois jovens de onze anos que decidem investigar as misteriosas pistas deixadas por um velho mágico que morreu num incêndio. Estranhas mensagens em código, puzzles, jogos de palavras, segredos e inimigos perigosíssimos esperam os nossos heróis, mas serão eles capazes de vencer todas as provas e descobrir o grande segredo que o mágico escondia no seu caderno? E tu, sentes-te com coragem para começar a ler? Então prepara-te para o que aí vem!

Comemora-se hoje o Dia Mundial do Livro. Aqui fica uma bela ode aos livros da autoria de Alexei Bueno:

ODE AMATÓRIA

Meus livros amados,
Como trepadeiras
Sobem, apinhados,
Paredes inteiras.

Alargam seus flancos
Por cômodos, quinas,
E erguem-se em barrancos
Fabricando esquinas.

Lombadas, brochuras
Me olham das estantes,
Marroquins, nervuras,
Discretos, berrantes,

E neles me espiam
Gregos e sumérios,
Almas que extasiam,
Monstros deletérios.

Quinze mil amantes,
Bem embaixo, em cima,
Livro, o agora e o antes,
Palavra sem rima.

Que vida haveria,
Reles, pouca, porca,
Sem tal companhia,
Taça que se emborca.

Fólios, incunábulos,
Línguas e cidades,
Semblantes, vocábulos,
Desastres, vaidades,

Bulas, manuscritos,
Toda a espécie humana
Em grilhões escritos
Numa caravana

Que cruza o deserto
Nosso, soledade,
O longínquo, o perto,
O agora, a saudade,

De mãos dadas, nisto,
Filho, pai e avô,
Juntos Jesus Cristo
E o Doutor Petiot.

Sarabanda estática,
Vertical loucura,
Viagens, numismática,
Budismo, pintura,

E os autores todos,
Vivíssimos, mortos,
Ancestrais rapsodos,
Místicos absortos,

E entre os que pisaram
Nas poentas paragens
Os que em almas aram,
Tipos, personagens,

Todos, todos juntos,
E os florões, e espelhos,
Colofões defuntos,
Frontispícios velhos…

Que teria eu sido
Sem tal ebriedade,
Meu portão fendido
Para a eternidade,

Para o imenso, a viagem
Da alegria humana,
Sem mais dor, voragem
Que nos unge e irmana?

Poema de Alexei Bueno

Aqui ficam algumas fotos do Encontro de Professores «Itinerários dos Direitos Humanos», que decorreu na nossa escola no passado dia 16 de Abril, numa actividade em articulação com a Fundação Aristides de Sousa Mendes, e no qual se recordou o heróico papel desempenhado pelo cônsul português em Bordéus no decurso da Segunda Guerra Mundial, os esforços que têm sido feitos para manter viva a sua memória, e a necessidade de adoptar nas escolas uma política de defesa e promoção dos direitos humanos, num espírito de educação para os valores.

logo_be_15-16

Estatística

  • 1,865,308 visitas

Videoteca - DVD para empréstimo na Biblioteca

dvdcolec
melhornet
Bookmark and Share diigo it

Ler ebooks

Arquivos

Abril 2010
S T Q Q S S D
« Mar   Maio »
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930  

Comentários Recentes

SUAN em Provérbios de Maio
khanny merlina em Quantas vezes já pensaste…
joão marcelo nascime… em “Leilão de jardim”…
fhidafhui em Provérbios sobre o São Ma…
Sandy Matos em Provérbios de Setembro
feiradolivro
%d bloggers like this: