You are currently browsing the monthly archive for Novembro 2008.

O Recruta

O Recruta

Os agentes CHERUB têm todos menos de dezassete anos.
Vestem calças de ganga e t-shirts. Parecem jovens perfeitamente normais… mas não são.
Eles são profissionais treinados, enviados para missões de espionagem contra terroristas e traficantes de droga temidos internacionalmente.
Mas, para efeitos oficiais, ESTAS CRIANÇAS NÃO EXISTEM.
James é o mais recente recruta da CHERUB. É brilhante a matemática e a CHERUB precisa dele.
Esperam-no cem dias terríveis de recruta.
A aventura está a começar…

O Recruta é o primeiro título da série CHERUB, uma colecção de livros, da autoria de Robert Muchamore, que foca uma organização secreta, a CHERUB, que emprega jovens com menos de dezassete anos como seus agentes de combate contra o terrorismo, os traficantes de droga e outros criminosos.
Estes agentes estudam e recebem treino profissional de espionagem, para escaparem ao radar dos adultos e descobrirem informações.

Descobre o Mundo Cherub e outros títulos da colecção em
http://www.mundocherub.com/

Anúncios

A instabilidade política que seguiu ao fim do Império Romano Período travou o processo de expansão das das bibliotecas iniciado pelos gregos e continuado pelos romanos; o que escapa à destruição é reunido nos conventos e mosteiros, onde o culto dos livros e sua paciente reprodução prossegue como uma das virtudes monacais – nos “scriptoria”, os manuscritos eram conservados, lidos, copiados, traduzidos e ilustrados.
A riqueza das bibliotecas dos mosteiros (uma colecção de 200 volumes era considerada uma grande biblioteca) dependia da presença de eruditos que, regra geral, se dedicavam também ao ensino (escolas monacais e conventuais) e da sua capacidade para pedirem emprestados manuscritos originais para copiar.

Contudo, o mundo árabe escapou a este período de barbárie e foram criadas inúmeras bibliotecas contendo manuscritos gregos, traduções em árabe e livros da ciência árabe, acessíveis tanto a professores como a estudantes.

Mesquita de Al-Hakim, no Cairo

Mesquita de Al-Hakim, no Cairo

A mais importante destas bibliotecas foi a de Dar al-ilm (“casa do conhecimento”), fundada em 1004 pelo califa Al-Hakim, no Cairo. Continha mais de 600 000 livros (entre os quais 6500 de matemática e astronomia), assim como livros de filosofia e um globo terrestre, de cobre, construído por Ptolomeu.

Imagem: Flickr

logoclube

Iniciou-se na semana passada a formação de novos membros do Clube de Fotografia Digital, que vão trabalhar em articulação com o Clube de Jornalismo. O clube funcionará, para estes novos membros, às terças-feiras, das 11h30 às 12h45. O Clube de Fotografia tem como objectivos:

  • Desenvolver a sensibilidade estética e o gosto pela arte.
  • Apoiar o desenvolvimento do Plano Anual de Actividades do Agrupamento de Escolas.
  • Aprender a principais técnicas da fotografia digital.
  • Conhecer e aplicar técnicas de produção fotográfica.
  • Aprender a manipular software de edição de imagem.

Em breve começaremos a divulgar as suas actividades.

Atlas Básico de Matemática

Atlas Básico de Matemática


O objectivo desta obra é proporcionar ao leitor, tanto para o estudante como para aqueles que realizam uma consulta esporádica, um completo e atractivo panorama dos campos fundamentais da matemática, com ilustrações acompanhadas de breves notas que explicam de uma forma lógica e simples as teorias matemáticas, assim como muitas das aplicações que hoje em dia se encontram nos campos mais diversos e que contribuíram para o grande progresso da humanidade. Uma introdução sobre os aspectos gerais da matemática, e um detalhado índice alfabético de matérias, aumentam o valor prático e didáctico desta obra.

Atlas Básico de Ecologia

Atlas Básico de Ecologia

O objectivo desta obra é proporcionar ao leitor, tanto ao estudante como ao que faz uma consulta esporádica, um completo e atraente panorama da ecologia, a ciência que estuda a interacção dos animais e das plantas com o meio no qual vivem. Dá-se uma importância especial à ecologia prática, isto é, à influência das actividades do homem sobre o nosso planeta, assim como aos modelos de comportamento, para que possa continuar sendo habitável pelas futuras gerações. Uma introdução acerca dos aspectos gerais da ecologia e um detalhado índice alfabético de matérias aumentam o valor prático deste volume.

Crime no Expresso do Tempo

Além do Crime no Expresso do Tempo que o título promete, tens encontro marcado com naves espaciais e criaturinhas verdes, simuladores e robots – mães, rapazes invisíveis e mirabolantes conversas de animais, além de teres acesso às mais imprevistas consequências do uso da Máquina da Felicidade!
Muda de órbita com as Sete histórias de ficção científica que este livro te propõe: O Piquenique; As Férias; O Filho; O Rapaz Invisível; No Tempo em Que os Animais Falavam; A Máquina da Felicidade; O Crime no Expresso do Tempo
Lê e passa a outra dimensão!

Terminamos hoje, dia do aniversário de Rómulo de Carvalho, a série de poemas do seu pseudónimo António Gedeão. Guardámos para o fim um dos mais conhecidos.

Pedra Filosofal

Eles não sabem que o sonho

é uma constante da vida

tão concreta e definida

como outra coisa qualquer,

como esta pedra cinzenta

em que me sento e descanso,

como este ribeiro manso

em serenos sobressaltos,

como estes pinheiros altos

que em verde e oiro se agitam,

como estas aves que gritam

em bebedeiras de azul.

eles não sabem que o sonho

é vinho, é espuma, é fermento,

bichinho álacre e sedento,

de focinho pontiagudo,

que fossa através de tudo

num perpétuo movimento.

Eles não sabem que o sonho

é tela, é cor, é pincel,

base, fuste, capitel,

arco em ogiva, vitral,

pináculo de catedral,

contraponto, sinfonia,

máscara grega, magia,

que é retorta de alquimista,

mapa do mundo distante,

rosa-dos-ventos, Infante,

caravela quinhentista,

que é cabo da Boa Esperança,

ouro, canela, marfim,

florete de espadachim,

bastidor, passo de dança,

Colombina e Arlequim,

passarola voadora,

pára-raios, locomotiva,

barco de proa festiva,

alto-forno, geradora,

cisão do átomo, radar,

ultra-som, televisão,

desembarque em foguetão

na superfície lunar.

Eles não sabem, nem sonham,

que o sonho comanda a vida,

que sempre que um homem sonha

o mundo pula e avança

como bola colorida

entre as mãos de uma criança.

Aqui fica o sétimo poema de António Gedeão:

Como será estar contente?

Como será estar contente?

Lançar os olhos em volta,

moderado e complacente,

e tratar com toda a gente

sem tristeza nem revolta?

Sentir-se um homem feliz,

satisfeito com o que sente,

com o que pensa e com o que diz?

Como será estar contente?

Aqui fica o sexto poema de António Gedeão:

Arma Secreta

Tenho uma arma secreta

ao serviço das nações.

Não tem carga nem espoleta

mas dispara em linha recta

mais longe que os foguetões.

Não é Júpiter, nem Thor,

nem Snark ou outros que tais.

É coisa muito melhor que todo o vasto teor

dos Cabos Canaverais.

A potência destinada

às rotações da turbina

não vem da nafta queimada,

nem é de água oxigenada

nem de ergóis da furalina.

Erecta, na torre erguida,

em alerta permanente,

espera o sinal da partida.

Podia chamar-se VIDA.

Chama-se AMOR, simplesmente.

Ganchos, tachos e panelas

Ganchos, tachos e panelas

As dificuldades de emprego e as necessidades de sobrevivência explicam que os jovens procurem “desenrascar-se” ou “fazer pela vida” recorrendo a “expedientes”, aproveitando trabalhos precários, arranjando dinheiro nos limites do legal e do ilegal, do legítimo e do ilegítimo, do formal e do informal, através dos chamados ganchos, tachos e biscates. Urdindo sonhos e desejos com inquietações e temores, os jovens elaboram guiões múltiplos de futuro, mas nem sempre o futuro se deixa guiar por planificações. Como viver a vida no labirinto que a constitui? E como pode a sociologia da juventude dar conta dos dilemas de labirinto que tantos jovens vivem?

logo_be_15-16

Estatística

  • 1,888,771 visitas

Videoteca - DVD para empréstimo na Biblioteca

dvdcolec
melhornet
Bookmark and Share diigo it

Ler ebooks

Arquivos

Novembro 2008
S T Q Q S S D
« Out   Dez »
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930

Comentários Recentes

SUAN em Provérbios de Maio
khanny merlina em Quantas vezes já pensaste…
joão marcelo nascime… em “Leilão de jardim”…
fhidafhui em Provérbios sobre o São Ma…
Sandy Matos em Provérbios de Setembro
feiradolivro
%d bloggers like this: