Dois estudos realizados no âmbito do Plano Nacional de Leitura (PNL) mostram que os portugueses estão a ler mais do que há 10 anos e propõem um conjunto de procedimentos a adoptar nos estabelecimentos de ensino. Trata-se de “A Leitura em Portugal”, sob coordenação de Maria de Lurdes Lima dos Santos (disponível aqui), e “Para a Avaliação do Desempenho de Leitura”, sob coordenação de Inês Sim-Sim (disponível aqui).

Segundo o estudo  de Lima dos Santos, verificou-se um aumento do número de leitores de livros na ordem dos 7% , enquanto nas revistas e nos jornais o número de leitores cresceu, respectivamente, 6%. e 20%. Apesar da evolução, Portugal ainda está longe dos patamares europeus, sobretudo no que diz respeito à leitura de livros.

 

De acordo com a tipologia de leitura, confirma-se que o perfil dos leitores é claramente feminizado, mais escolarizado, mais jovem, com uma percentagem elevada de estudantes.

 

O estudo “Para a Avaliação do Desempenho da Leitura”,  procurou dar resposta à necessidade de identificação e avaliação dos instrumentos existentes em Portugal para a aferição do desempenho na área da leitura.

 

Este estudo apresenta um conjunto de procedimentos a adoptar para os estabelecimentos de referências nacionais de aprendizagem da leitura ao longo dos dois primeiros ciclos do ensino básico.

Advertisements